20/09/20
°/°
PUBLICIDADE
Ídolo Espanhol

'Momento de dizer adeus', diz goleiro Casillas ao anunciar aposentadoria

Reprodução / Instagram
Reprodução / Instagram


Iker Casillas anunciou nesta terça-feira (4) sua aposentadoria do futebol. Mais de um ano depois de ter sofrido um infarto e se afastado dos gramados, o agora ex-goleiro disse, em publicação nas redes sociais, que é um dos dias mais importantes e difíceis de sua vida esportiva.


"O importante é o caminho que você percorre e as pessoas que o acompanham, não o destino para onde ele o leva, porque isso com trabalho e esforço vem sozinho e acho que posso dizer, sem hesitar, que esse foi o caminho e o destino dos sonhos", escreveu Casillas no Twitter.

Em carta, Casillas disse: "Hoje é um dos dias mais importantes e difíceis da minha vida esportiva: chegou o momento de dizer adeus."
Ele também agradeceu a sua mulher, filhos, família, amigos, clubes por onde passou, presidentes dos times, companheiros de equipe, treinadores, técnicos da seleção espanhola, aos torcedores, rivais e todas as pessoas que trabalham ou trabalharam pelas equipes onde ele atuou.

"Mas, principalmente, obrigada ao futebol, por me permitir fazer parte dele, por ser um esporte maravilhoso, por me permitir viver uma vida cheia de paixão e emoções, por me dar momentos de felicidade, por me fazer crescer como esportista e como pessoa, por me dar a oportunidade de conhecer e compartilhar momentos com tantas e tantas pessoas incríveis. Finalmente, obrigada por me dar tudo."

"Tenho claro que não é um ponto final, a viagem não acaba aqui. Isto segue e estou certo que logo nos encontraremos de novo", completou.
Em maio do ano passado, Casillas foi internado após um treino do Porto. Campeão europeu e mundial com a seleção espanhola, o veterano de 39 anos sofreu um infarto e foi submetido a um cateterismo.



Enquanto se recuperava dos problemas de saúde, o ex-goleiro assumiu uma função diretiva no clube português. Seis meses após o infarto, ele voltou a treinar.

Em fevereiro deste ano, Casillas chegou a anunciar sua candidatura à presidência da Federação Espanhola de Futebol. Quatro meses depois, porém, ele desistiu do pleito.

Um dos principais nomes da seleção da Espanha, Iker Casillas foi titular no período de mais conquistas da equipe. O ex-goleiro foi capitão nas conquistas da Copa do Mundo (2010) e de duas Eurocopas (2008 e 2012).

No Real Madrid, ele esteve com a equipe nas conquistas de cinco Campeonatos Espanhóis (2000/01, 2002/03, 2006/07, 2007/08 e 2011/12), duas Copas do Rei (2010/11 e 2013/14), quatro Supercopas da Espanha (2001, 2003, 2008 e 2012), três Ligas dos Campeões (1999/2000, 2001/02 e 2013/14) duas Supercopas da Uefa (2002 e 2014) e três Mundiais de Clubes (1998, 2002 e 2014).

Depois do anúncio do ex-goleiro, inclusive, a equipe espanhola o chamou de "lenda" em publicação nas redes sociais.
Folhapress
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Copa do Mundo de 2022
Tite convoca Gabriel Menino, do Palmeiras, para início da seleção nas eliminatórias
18 SET 2020 às 14h33
Londrina EC
Após jogo apertado, Alemão valoriza sequência de vitórias do Londrina
18 SET 2020 às 11h13
Tem novidade
Saiba onde assistir aos principais campeonatos do futebol europeu
18 SET 2020 às 09h11
Melhores Momentos
São Paulo se salva de derrota para o River Plate no Morumbi
18 SET 2020 às 08h35
Veja os gols!
Flamengo sofre sua maior goleada na história na Libertadores
18 SET 2020 às 08h17
1 a 0
Londrina EC vence o São José no Café com gol de pênalti no fim; veja o vídeo
17 SET 2020 às 22h27
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados