Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Insatisfeito

Na reserva, Ronaldinho diz que pode deixar o Milan

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Insatisfeito por ficar na reserva do Milan, o brasileiro Ronaldinho já admite deixar o clube italiano. Ele chegou à equipe em julho, no início da atual temporada europeia, e ainda não conseguiu firmar-se entre os titulares do técnico Carlo Ancelotti.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

"Eu estou feliz por jogar no Milan, mas nunca se sabe o que pode acontecer na nossa vida. Nunca gostei de ficar no banco, mas devo respeitar a decisão do treinador. Porém não posso dizer que estou feliz sem jogar, porque assim não posso ficar em boa forma física", disse o jogador ao jornal italiano Corriere dello Sport.

Continua depois da publicidade


Questionado sobre a possibilidade de Ancelotti deixar o Milan no fim da temporada, como tem sido noticiado na Itália, Ronaldinho limitou-se a dizer que não sabe se haverá mudança no comando da equipe.

O atacante, contudo, fez vários elogios ao holandês Frank Rijkaard, seu ex-treinador no Barcelona, e um dos cotados para assumir o Milan caso Ancelotti deixe a equipe. "Ele é um grande amigo, passei cinco anos muito bons com ele e conseguimos conquistas importantes. É um treinador extraordinário", afirmou.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade