Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação/Palmeiras
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
DE VIRADA

Navarro brilha e Palmeiras atropela o Independiente Petrolero na Libertadores

Redação Bonde
13 abr 2022 às 09:16
Continua depois da publicidade

O Palmeiras goleou o Independiente Petrolero-BOL por 8 a 1 na noite desta terça-feira (12), pela Copa Libertadores. O Verdão saiu atrás no placar, mas empatou ainda no primeiro tempo e marcou mais sete gols na segunda etapa. O destaque ficou por conta de Rafael Navarro, que fez quatro gols e deu uma assistência. Raphael Veiga, com dois golaços, Rony e Zé Rafael, completaram a goleada, enquanto José Correa fez para o time visitante.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


O jogo começou com um susto para o torcedor alviverde que compareceu ao Allianz Parque. Logo aos cinco minutos, o ex-Palmeiras Cristaldo recebeu na área, fez o pivô e tocou para José Correa finalizar no ângulo e abrir o placar para o Independiente Petrolero.

Continua depois da publicidade


O Verdão foi para cima e pressionou o time boliviano, perdendo boas chances de gol até finalmente empatar o jogo, aos 40 minutos. Zé Rafael pegou uma sobra na intermediária e bateu de longe, no cantinho: 1 a 1. Ainda no primeiro tempo, o Palmeiras poderia ter virado o placar, mas a trave e o goleiro Arancibia impediram os gols de Breno Lopes e Wesley.


Quem esperava um segundo tempo difícil para o Palmeiras, assim como foi o primeiro, mudou de ideia com apenas um minuto de jogo, quando começou o show de Rafael Navarro. Breno Lopes fez uma jogadaça pela direita e cruzou para o centroavante, de cabeça, virar o jogo. Sete minutos depois, em cruzamento de Jorge pela esquerda, Gómez ajeitou para o meio e Navarro girou batendo para ampliar a vantagem.


Tinha espaço para mais. Aos 11 minutos, o ex-atacante do Botafogo recebeu cruzamento de Gabriel Veron e se esticou para fazer o terceiro dele na partida. Aos 29, novamente pela direita, Mayke cruzou rasteiro, Navarro desviou no cantinho e fez o quinto do Verdão no jogo. O centroavante assumiu a artilharia da Copa Libertadores, com seis gols no total.

Continua depois da publicidade


Com 5 a 1 no placar, Navarro deciciu sair da área e assumir o papel de garçom. Ele recebeu pela direita e cruzou para Rony, que se antecipou ao goleiro e desviou de cabeça para as redes. Com o gol, o camisa 10 se tornou o maior artilheiro do Palmeiras na história da Libertadores, com 12 gols, ao lado de Alex.


Para fechar a conta, Raphael Veiga, que veio do banco, entrou em cena com dois golaços. Aos 40 minutos, após cobrança de escanteio de Atuesta, o camisa 23 acertou um chutaço de primeira, da entrada da área, que morreu no ângulo de Arancibia. Cinco minutos depois, em falta pela direita, Veiga cobrou com perfeição e, novamente, acertou o ângulo direito do time boliviano: 8 a 1, a maior goleada do Verdão na história da Libertadores.


Após duas vitórias em dois jogos, o Palmeiras lidera o Grupo A da competição, com seis pontos. Emelec-EQU e Deportivo Táchira-VEN, que completam o grupo, se enfrentam nesta quinta-feira (14). O próximo jogo do Verdão é pelo Campeonato Brasileiro, no sábado (16), às 16h30, contra o Goiás, fora de casa. Pela Libertadores, o Palmeiras volta a campo daqui duas semanas, contra o Emelec, no Equador, no dia 27.

Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade