Pesquisar

Canais

Serviços

Rubens Chiri/saopaulofc.net
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Mercado da bola

Pablo é artilheiro do São Paulo em dois anos, mas vai para lista de negociáveis

Brunno Carvalho - Folhapress
26 dez 2021 às 14:36
Continua depois da publicidade

Tudo indica que a passagem de Pablo pelo São Paulo está próxima do fim. O jogador está na lista de possíveis negociáveis da diretoria e não deve ter espaço no elenco para a próxima temporada. Desde 2019 no clube tricolor, o camisa 9 levará consigo a marca de ter sido artilheiro do time em dois dos três anos que esteve no Morumbi.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Na atual temporada, Pablo balançou as redes 13 vezes, duas a mais do que Rigoni, o segundo maior goleador do São Paulo no ano. Apesar de ostentar a liderança, o segundo semestre do camisa 9 foi abaixo do esperado.


Pablo terminou o Brasileiro com apenas três gols e perdeu espaço com o treinador Hernán Crespo e, na sequência, com Rogério Ceni. Na janela de transferências do meio do ano, o São Paulo não mediu esforços para contratar um centroavante que pudesse alavancar o desempenho do setor ofensivo.


Jonathan Calleri acabou chegando no último dia da janela. O argentino terminou o Brasileiro com quatro gols, um a mais do que Pablo. A tendência é que ele mantenha a titularidade na próxima temporada. No mercado da bola, o São Paulo ainda tenta a contratação de Wesley Moraes, que pertence ao Aston Villa, da Inglaterra. O jogador de 25 anos pode atuar tanto como centroavante como aberto pelas pontas.

Continua depois da publicidade


Pablo chegou ao clube em 2019 com o peso de ter sido a maior contratação da história do São Paulo. O time do Morumbi desembolsou 6 milhões de euros (R$ 29 milhões na cotação da época) para tirar o jogador do Athletico-PR. A expectativa é que ele fosse o homem-gol são-paulino.


Em sua primeira temporada, Pablo também terminou como artilheiro. Naquela ocasião, o São Paulo fez apenas 56 gols no ano inteiro -no atual foram 110 gols. Desses, sete foram feitos pelo camisa 9, um a mais do que Antony, Reinaldo e Vitor Bueno.


No ano passado, Pablo foi o terceiro jogador com mais gols com a camisa do São Paulo. Ele fez 12 em 53 partidas, ficando atrás do artilheiro Brenner, com 22 gols em 44 jogos, e Luciano, com 21 gols em 38 partidas.


O futuro de Pablo segue incerto. O São Paulo tenta envolvê-lo em uma troca com o Internacional, mas os clubes ainda não chegaram a um acordo. Uma das opções cogitadas seria pela vinda ao Morumbi do meia Patrick. O time paulista estuda outro nome dos gaúchos, mas esse segue mantido em sigilo.

Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo