Pesquisar

Canais

Serviços

O Palmeiras segue 100% no Paulistão - Nilton Fukuda/AE
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Paulistão

Palmeiras goleia o Santos; São Paulo sofre, mas vence

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

O Palmeiras derrotou o Santos neste domingo por 4 a 1 no Palestra Itália, no clássico válido pela sexta rodada do Campeonato Paulista. O resultado deixou o time alviverde na liderança isolada, com 15 pontos e 100% de aproveitamento. Já o time da Vila Belmiro caiu na tabela e ficou fora do G-4, com apenas 10 pontos.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O jogo foi marcado pelo irregular campo do Palestra, castigado pelas fortes chuvas que atingiram São Paulo neste fim de semana. O técnico Vanderlei Luxemburgo escalou força máxima, com o zagueiro Jéci no lugar do suspenso Maurício. Por sua vez, Márcio Fernandes deu nova oportunidade para o jovem Róbson e colocou o Santos no ataque.

Continua depois da publicidade


Apoiado pela torcida, o Palmeiras entrou com uma força impressionante e dominou o Santos na etapa inicial. O primeiro gol não demorou a surgir e foi marcado aos 15 minutos. Em cobrança de escanteio, Fábio Costa se atrapalhou e o zagueiro Edmílson mandou com uma meia bicicleta para o fundo das redes. O setor defensivo do Santos entrou em pânico e errou. Aos 22 minutos, o goleiro Bruno deu um bicão para frente. O zagueiro Adaílton se atrapalhou e Keirrison saiu na cara do gol. Fábio Costa deu um carrinho e o árbitro Luiz Flávio de Oliveira marcou pênalti. O próprio Keirrison foi para a cobrança e ampliou ao acertar a bola no canto direito.


Em 2008, Keirrison foi o grande carrasco do Santos ao marcar sete gols em dois jogos. E o atacante provou neste domingo que gosta de balançar as redes contra o rival. Logo no primeiro minuto do segundo tempo, ele aproveitou rebote de Fábio Costa após chute de Willians e mandou para o fundo do gol - foi o seu quarto no campeonato.


Apesar de levar o gol no começo do segundo tempo, o Santos não desistiu e partiu para o ataque. De tanto insistir, o clube diminuiu o marcador aos 18 minutos. Madson, o melhor do time, cruzou na medida para Kléber Pereira. O artilheiro desviou de peixinho e mandou no canto esquerdo de Bruno. O Santos não teve forças para uma reação maior e ainda viu o Palmeiras chegar ao quarto gol. Aos 40 minutos, Lenny foi lançado por Cleiton Xavier, entrou na área, tirou de Fábio Costa e estufou as redes. Foi o quinto gol do atacante no campeonato - ele terminou a rodada como o artilheiro do Palmeiras.

Continua depois da publicidade


Em Ribeirão Preto, o São Paulo venceu o Botafogo-SP por 2 a 1 na tarde deste domingo, em Ribeirão Preto, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Paulista. Com a vitória, a segunda consecutiva, o São Paulo chega aos 13 pontos, assumindo provisoriamente a terceira posição, atrás somente dos rivais Corinthians e Palmeiras. Já a equipe de Ribeirão Preto permanece com cinco pontos, numa posição nada confortável na tabela, entre os últimos colocados.


Mesmo com um futebol aquém do esperado, o São Paulo abriu o placar aos 27 minutos, com um belo chute de primeira de Hernanes, que acertou o ângulo direito do gol do Botafogo. Com a vantagem no placar, a equipe fechou de vez sua marcação no meio-campo, explorando contra-ataques esporádicos, como fizera em boa parte de sua campanha vitoriosa no Campeonato Brasileiro do ano passado.


Ao ver que sua equipe nada fazia com três zagueiros, o técnico do Botafogo, Artur Neto, resolveu colocar o atacante Branquinho no lugar do zagueiro Éverton Luiz. que tratou de mudar o panorama do jogo aos sete minutos, quando acertou um chute seco para empatar.


Aos 15, Marco Aurélio cruza da direita e Thiago Silvy resvala de cabeça para vencer Bosco. O assistente, no entanto, marca impedimento de forma equivocada. Ainda reclamando do lance, a equipe do Botafogo bobeou e, no lance seguinte, o São Paulo tratou de garantir os três pontos. Hernanes desceu pela esquerda e cruzou na medida para o domínio e conclusão precisa de Washington, aos 16. Este foi o quarto gol do atacante no Paulistão.

Agora, o São Paulo volta a jogar na próxima quinta-feira, às 21h45, diante da Ponte Preta, no Morumbi, com dois desfalques: André Dias, suspenso pelo terceiro amarelo, e Hernanes, expulso por falta infantil no último lance da partida. Já o Botafogo enfrenta o Ituano no mesmo dia, às 19h30, em Itu.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade