Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Crise!

Palmeiras volta de ônibus para fugir de protesto e elenco se reúne com Nobre

- César Greco/Agência Palmeiras
Agência Estado
28 mar 2016 às 17:03
Publicidade
Publicidade

Veja mais vídeos sobre esportes

O Palmeiras enfrentou problemas para voltar de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, onde no domingo foi goleado por 4 a 1 pelo Água Santa, pelo Campeonato Paulista. Com medo de represálias da torcida no aeroporto, por questões de segurança o time optou por voltar de ônibus. Perto do fim do percurso de cerca de sete horas, o veículo foi atingido por uma pedra.

Apesar do susto, nenhum jogador foi ferido pela pedra. Os atletas foram liberados para voltaram para suas casas e se reapresentaram na tarde desta segunda-feira. Antes do treino, o elenco se reuniu com o presidente do clube, Paulo Nobre, na Academia de Futebol.

Publicidade


Na chegada ao CT do clube, na Barra Funda, alguns atletas foram recepcionados por um grupo de torcedores, que aplaudiu ironicamente o time, que vem de quatro derrotas seguidas. A Polícia Militar estava ficou de prontidão na porta da Academia, mas não houve tumulto.

Leia mais:

Imagem de destaque
Relembre

Palmeiras terminará Brasileiro pelo 6º ano seguido à frente do Corinthians

Imagem de destaque
Ele fica!

Aposta de risco funciona, e Mano garante permanência no Corinthians em 2024

Imagem de destaque
Data Fifa

Fla zera lesionados, e Tite terá elenco completo pela 1ª vez para treinar

Imagem de destaque
Arena

Corinthians diz que proposta de quitação da dívida com a Caixa está equacionada

Na próxima quinta a equipe recebe o Rio Claro, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista e depois, no domingo, tem clássico com o Corinthians. Em quinto no Grupo B, com 15 pontos, o Palmeiras precisa ir bem nas últimas três rodadas da fase de classificação para não ficar fora das quartas de final.


Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade