05/07/20
25º/13ºLONDRINA
PUBLICIDADE
#PlacarPelaMudança

Placar do Paulista Feminino 2019 muda para mostrar diferença salarial

O salário médio de uma mulher é 20,5% inferior ao de um homem, segundo o IBGE. Este dado chamou a atenção de milhares de espectadores que acompanharam, neste sábado (16), a transmissão da final do Paulista Feminino 2019 ao vivo pela FPF TV, canal oficial da Federação Paulista de Futebol, organizadora da competição. O Corinthians venceu o São Paulo por 3 a 0 e sagrou-se campeão na Arena Corinthians.

Divulgação
Divulgação


A ação #PlacarPelaMudança, criada pela agência de publicidade BETC/Havas para a Federação Paulista de Futebol, com apoio da ONU Mulheres, usou o resultado da grande decisão para evidenciar essa diferença, tirando os mesmos 20% do valor de cada gol marcado: em alguns momentos, o placar na tela da FPF TV exibia 0,8 em vez do número 1, ou 1,6 em vez de 2, mexendo também no placar agregado da grande final.

"Acreditamos que a decisão do Paulista Feminino 2019, que termina com uma visibilidade recorde histórica, é uma oportunidade para questionarmos sobre o fato de que as mulheres ainda têm remuneração menor em relação aos homens no mercado de trabalho”, diz Aline Pellegrino, diretora de Futebol Feminino da Federação Paulista de Futebol. "É imprescindível, principalmente nos dias atuais, trazer à tona discussões importantes para o crescimento da nossa sociedade. O espaço e a forma como a mulher ocupa a sociedade é uma dessas discussões” afirma Aline.

"Estamos lutando pelo reconhecimento não só do futebol feminino no país, mas também pela igualdade de gênero. Para que as mulheres tenham sua representatividade e importância reconhecida no mercado de trabalho, inclusive na questão salarial", ressalta a diretora executiva de criação da BETC/Havas, Andrea Siqueira. "Nossa ideia foi fazer com que cada gol tivesse o mesmo valor do salário das mulheres, quando comparado ao dos homens, para jogar luz nessa questão e chamar a atenção para essa desigualdade”, completa a criativa Milena Cabral.

Para explicar aos espectadores que não se tratava de um erro no placar da FPF TV, a narradora Camilla Garcia, as comentaristas Nathalia Ferrão e Juliana Santos, e as repórteres Mari Pereira e Marilia Galvão também embarcaram na ação, abordando o tema e estimulando a participação dos usuários do Facebook na discussão.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Quarentena
Técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo, é diagnosticado com Covid-19
04 JUL 2020 às 20h42
Lei Pelé
Palmeiras apoia Medida Provisória dos direitos de TV e negociação coletiva
03 JUL 2020 às 16h24
Walter Casagrande
Casagrande relata medos, redenção e encontro com demônios em novo livro
03 JUL 2020 às 14h46
Bastidores
Corte salarial e dívidas preocupam candidatos à presidência do São Paulo
03 JUL 2020 às 11h26
Reforço
Corinthians investe para contratar atacante ex-São Paulo
03 JUL 2020 às 11h08
Volta da F1
Hamilton lidera primeiro treino e times médios surpreendem na Áustria
03 JUL 2020 às 10h57
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados