Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Presidencia

Ronaldo vira trunfo de Sanchez na eleição do Corinthians

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Com o término, na tarde desta sexta-feira, do prazo de inscrições das chapas que concorrerão à eleição presidencial, em 14 de fevereiro, ficaram definidos os três candidatos: Andrés Sanchez tenta a reeleição e terá novamente como rivais Osmar Stábile e Paulo Garcia, repetindo o pleito de setembro de 2007.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A campanha promete ser marcada por acusações, mas um dos principais motes dos oposicionistas será a contratação do atacante Ronaldo. Tanto Stábile quanto Garcia alegam que foi uma negociação eleitoreira. Sanchez negava até esta sexta, mas com a inscrição da chapa precisou enviar ao Conselho o plano de governo e colocá-lo na internet. E ali Ronaldo aparece como forte cabo eleitoral.

Continua depois da publicidade


Logo na primeira página do http://www.renovacaoetransparencia.com.br/, uma foto de Ronaldo sendo apresentado divide a tela com as propostas, o balanço da gestão e a biografia dos postulantes a cargos na chapa. Os candidatos a vice são Manoel Felix Cintra, ex-presidente da BM&F, e Roberto de Andrade, atual diretor administrativo do clube.


"Se o Ronaldo fosse contratação eleitoreira, seria um estelionato contra o torcedor. Jamais pensamos nisso", disse há algumas semanas o diretor de futebol Mário Gobbi. Ele deve deixar o cargo se Sanchez for reeleito. "O Ronaldo não vai se pagar. Tecnicamente talvez ele mostre seu talento, mas pode prejudicar ainda mais as contas do clube", avaliou Osmar Stabile.


A reportagem tentou contato com Paulo Garcia e Antonio Roque Citadini, que será um de seus candidatos a vice - e quem deve "bater" na situação -, mas ambos não atenderam.

Continua depois da publicidade

Ronaldo, na verdade, até pouco tempo atrás nem sabia que teria eleição no Corinthians. Ficou surpreso porque imagina que se a oposição vencer o seu contrato, que prevê pagamentos com base em patrocínios acertados, possa ser questionado. E até 14 de fevereiro ele não terá estreado.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade