Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Paulistão

Santos bate o Oeste e alcança o São Paulo

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Neymar não fez gol, mas pelo menos deu ânimo ao Santos para vencer o Oeste, por 2 a 1, na noite deste sábado, no Pacaembu, pela 12.ª rodada do Campeonato Paulista. O resultado foi importante porque manteve o time alvinegro no G-4, com 23 pontos. Já o Oeste, segue sem vencer (pelo sexto jogo seguido) e, com 11 pontos, se mantém perto da zona de rebaixamento.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O Santos volta a campo na próxima quinta-feira, às 21h30, para enfrentar o Paulista, na Vila Belmiro, pelo Paulistão. Antes, na terça-feira, o Oeste recebe o Botafogo, no Ildenor Picardi Semeghine.

Continua depois da publicidade


AGITADO
O jogo começou agitado, com três boas chances gol (uma para o Oeste e duas para o Santos) e uma alteração logo nos primeiros cinco minutos. A mudança aconteceu devido a uma lesão na coxa de Adailton, que voltava de contusão na equipe santista.


Os lances de 'quase gol' se seguiram durante todo o primeiro tempo, com chances para os dois lados. As oportunidades só não se concretizaram devido a falta de pontaria, ou preciosismo, das duas equipes. Pelo lado do Santos, o principal jogador na criação das jogadas foi Germano, que havia entrado no lugar de Adailton. No Oeste, Ney Paraíba foi o destaque na primeira etapa.


Depois de um primeiro tempo bastante animado, o segundo tempo começou fraco. A torcida só acordou quando o garoto Neymar entrou no lugar de Molina, aos 14. Em seu primeiro lance, ele mostrou que merece o prestigio que tem com a torcida, ao mandar no travessão uma tentativa de cruzamento da direita.

Continua depois da publicidade


A entrada de Neymar animou o Santos, que conseguiu finalmente marcar. Aos 20, depois de uma tabela com Germano, Roni pegou de primeira no bico da pequena área e mandou um 'pombo sem asas', que estufou a rede de Weverton.


Com o Oeste abalado, o Santos tratou de tocar a bola e só esperar o apito. Mas o time ainda conseguiu mais um gol, aos 44. Madson recebeu na intermediaria de ataque, avançou e mandou uma bomba, que foi no ângulo.

Já comemorando a vitória que manteve o time no G-4, o Santos bobeou e tomou um gol. Já nos descontos, após bela jogada de Leandro Love na entrada da área santista, a zaga ficou parou e ficou só olhando Dezinho acertar um belo voleio e balançar a rede de Fábio Costa, no último lance importante do jogo.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade