Pesquisar

Canais

Serviços

Após derrota

Santos faz protesto formal contra árbitro

Agência Estado
22 jun 2009 às 18:37
Publicidade
Publicidade

O departamento jurídico do Santos enviou à presidência da Confederação Brasileira de Futebol, nesta segunda-feira, representação contra o juiz Djalma José Beltrami Teixeira, que apitou a derrota da equipe por 3 a 2 para o Atlético Mineiro, no domingo.

No documento, o clube enumera os supostos erros cometidos pelo árbitro e lamenta que o clube tenha deixado de conquistar um ponto com a anulação de gol marcado por Molina, nos acréscimos do segundo tempo.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


"O Santos não pede vantagem, mas também não quer ser prejudicado", explicou o gerente jurídico do clube, Mário Mello. "Também encaminhamos um vídeo para mostrar o que aconteceu nos acréscimos da partida", acrescentou.

Leia mais:

Endrick e Estevão Palmeiras
Joias do Palmeiras

Endrick e Estêvão são exemplos de movimento sem volta

Imagem de destaque
Crise

Flamengo sofre com desfalques enquanto Tite busca melhor forma para o time

Imagem de destaque
Após lesão

Santos volta de BH preocupado com João Paulo e em clima de vingança

Imagem de destaque
Em negociação

Santos alinha renovação de contrato com lateral JP Chermont


Ele alega que o ponto que o Santos deixou de somar no domingo poderá até faltar para a conquista do título no final da competição. "Faz muita diferença num campeonato disputado pelo sistema de pontos corridos", argumentou.

Mello disse que não é a primeira vez que o Santos reage contra as más arbitragens. "Apenas mostramos o que aconteceu e deixamos as providências por conta de quem de direito. A última vez que representamos contra uma arbitragem foi no Campeonato Paulista deste ano, no jogo contra o Palmeiras (derrota por 4 a 1). O juiz foi o Luiz Flávio de Oliveira", lembrou.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade