Pesquisar

Canais

Serviços

Luciano comemora gol - Rubens Chiri/saopaulofc.net
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Pós eliminação na Copa do Brasil

São Paulo muda esquema e vence no Brasileiro

20 set 2021 às 09:14
Continua depois da publicidade

Depois de ser eliminado da Copa do Brasil para o Fortaleza, o São Paulo venceu o Atlético-GO por 2 a 1 neste domingo (19), pelo Campeonato Brasileiro, com um esquema tático diferente.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Continua depois da publicidade

O técnico Hernán Crespo abriu mão dos três zagueiros e entrou em campo no Morumbi apenas com dois: Arboleda e Léo Pelé -Miranda, que vem sendo capitão da equipe, está suspenso. As laterais ficaram com Igor Vinícius e Reinaldo.


No meio de campo, três volantes (Liziero, Luan e Rodrigo Nestor) e Gabriel Sara no lugar de Benítez, que também está suspenso.

Continua depois da publicidade


A dupla de ataque foi Rigoni, autor do gol que abriu o placar no primeiro tempo, e Luciano, que ampliou no segundo tempo. Matheus Barbosa descontou para os visitantes.


Foi com os três zagueiros que Crespo levou o São Paulo ao título do Campeonato Paulista, troféu que o clube não levantava desde 2005.


Mas foi também com esse esquema que o time tricolor foi eliminado da Copa do Brasil na última quarta-feira (15).


No jogo de ida, em casa, a equipe tricolor saiu na frente com um 2 a 0, mas levou o empate do Fortaleza nos minutos finais da partida.


No jogo de volta, com o tradicional esquema de 3-5-2, o São Paulo viu o adversário se impor e vencer com tranquilidade, por 3 a 1 (o desconto aconteceu apenas nos instantes finais do jogo).


A fragilidade defensiva demonstrada no duelo contra o Fortaleza inflou as críticas ao sistema de Crespo, que antes se consagrou com futebol intenso e sólido, algo não visto nos duelos recentes.


O esquema com quatro defensores não é exatamente novidade, no entanto. Foi visto na eliminação para o Palmeiras, na Copa Libertadores, e em outros duelos do Brasileiro.


O time ainda voltou a ter três zagueiros no final da partida, quando o time tricolor já vencia por 2 a 1.


A novidade na equipe paulista foi o atacante argentino Calleri, que atuou no clube em 2016 e agora retorna em 2021 por empréstimo. Ele entrou no segundo tempo, assim como o uruguaio Gabriel Neves, que fez sua estreia na equipe.


Com o triunfo, o time paulista subiu quatro posições na tabela e se distanciou da zona de rebaixamento. É agora o 12º colocado, com 25 pontos.


A equipe tricolor, no entanto, ainda não conseguiu figurar na metade de cima da tabela do Brasileiro.


Foram até agora seis vitórias, sete empates e sete derrotas em 20 jogos disputados na competição até agora.


Próximos jogos


Agora fora de competições de mata-mata, o São Paulo volta a campo no Brasileiro na próxima quarta-feira (22), às 20h30 (horário de Brasília), ainda no Morumbi.


Já o Atlético-GO tem compromisso tem compromisso apenas no domingo (26), contra o Cuiabá.


Ficha técnica


SÃO PAULO

Tiago Volpi; Igor Vinícius (Galeano), Arboleda, Léo e Reinaldo; Luan, Rodrigo Nestor (Gabriel), Liziero e Gabriel Sara (Bruno Alves); Rigoni e Luciano (Calleri). Técnico: Hernán Crespo

ATLÉTICO-GO

Fernando Miguel; Arnaldo (Dudu), Wanderson, Éder, Igor Cariús (Janderson); Willian Maranhão (Matheus Barbosa), Baralhas e Rickson (Ronald); André Luís, Brian Montenegro (Lucão) e Natanael. Técnico: Eduardo Barroca


Estádio: Morumbi, em São Paulo (SP)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes: Jean Marcio dos Santos e Lorival Cândido das Flores (ambos do RN)

VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Cartões amarelos: Willian Maranhão

Gols: Rigoni, aos 35min do primeiro tempo; Luciano, aos 10min, e Matheus Barbosa, aos 25min do segundo tempo

Continue lendo