Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Contra a Ponte Preta

São Paulo vai a campo em Campinas para esquecer a dor da queda da Libertadores

Agência Estado
17 mai 2015 às 09:08
Publicidade
Publicidade

Veja mais vídeos sobre esportes

A melhor notícia para o São Paulo desde a eliminação da Copa Libertadores, na última quarta-feira, é a chance de quatro dias depois poder entrar em campo novamente. Enfrentar a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, neste domingo, às 18h30, é a grande chance para diminuir um pouco a frustração com a segunda vitória em dois jogos no Campeonato Brasileiro.

A derrota nos pênaltis para o Cruzeiro ainda dói e a decepção pelo resultado esteve presente na preparação para o jogo em Campinas. O técnico Milton Cruz se preocupou em conversar bastante com os jogadores e tentar recuperar o ânimo deles. "Estamos tristes e temos de fazer alguma coisa para esquecer. Só com os resultados vamos trazer a confiança e os torcedores de novo para junto do nosso time", resumiu o lateral-direito Bruno.

Publicidade
Publicidade


Até a estreia nas oitavas de final da Copa do Brasil, em agosto, o clube vai disputar somente o Brasileirão. A competição virou a prioridade, mas pelo menos o São Paulo estreou com vitória no Morumbi sobre o Flamengo e tem pela frente a chance de jogar neste domingo sem a presença da torcida adversária. A Ponte Preta foi punida por incidentes durante a Série B do ano passado e terá de mandar duas rodadas no estádio com os portões fechados.

Leia mais:

Imagem de destaque
Planejamento

Corinthians espera oferta maior por Moscardo e teme queda de Yuri Alberto

Lucas Lima e Soteldo
Contra o São Paulo

Clima leve e esperança por decisivo Soteldo: Santos se arma para clássico

Imagem de destaque
Dorival de olho

São Paulo tem 5 apostas no sub-17 para compor elenco em 2024

Imagem de destaque
SAF

Monte Azul anuncia Sheik como vice de futebol e Neymar pai como consultor


O São Paulo deve ter em campo uma escalação bem parecida à usada na última quarta-feira no Mineirão. A única mudança confirmada é na defesa. O zagueiro Lucão está na seleção brasileira Sub-20, junto com o meia Boschilia, e Dória deve retomar a vaga ao lado de Rafael Toloi.


O meia Michel Bastos deve ficar fora por não estar na forma física ideal, resultado dos cinco quilos perdidos por ter tido dengue. Se isso for confirmado, o argentino Centurión vai ganhar outra chance.

Milton Cruz deve manter a formação com Alexandre Pato no ataque e continuar com Luis Fabiano entre os reservas. A aposta será em criar jogadas pela movimentação e avanço do trio de volantes e com a ajuda do lateral Bruno, que tem se destacado no apoio nos últimos jogos.


Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade