Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Críticas

Tite é xingado pela torcida do Flamengo no estádio após derrota para o Palestino

UOL/Folhapress
08 mai 2024 às 09:04
- Gilvan de Souza/Flamengo
Publicidade
Publicidade

O técnico Tite foi xingado pela torcida do Flamengo no estádio Francisco Rumoroso, em Coquimbo, Chile, após a derrota para o Palestino na noite desta terça-feira (7), pela Libertadores. O treinador vem sendo alvo de críticas em meio à crise pela qual o time passa.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Que comecem os jogos

Com início em agosto, Terceira Divisão do Paranaense terá 14 equipes; veja os times

Imagem de destaque
Ê, Brasil

Mulheres ainda temem ir a estádios de futebol e cobram maior segurança

Imagem de destaque
Outros esportes

Copa América nos EUA aproxima jogadores da seleção do universo de NFL e NBA

Imagem de destaque

'Pelo Palmeiras, está vendido', diz Leila Pereira sobre Dudu

Tite foi hostilizado quando deixou o gramado do estádio. A torcida rubro-negra gritou "Ei, Tite, vai tomar no c.." e um objeto foi lançado próximo ao treinador, como flagrou um vídeo feito pelo "Coluna do Fla".

Publicidade


O zagueiro Fabrício Bruno pediu desculpas à torcida. O jogador, porém, ressaltou ser um discurso repetido.
"É um momento difícil o que a gente passa. Viemos com o intuito de buscar o resultado positivo, conquistar os três pontos aqui. Infelizmente, a gente não passa por um momento bom. O cara acerta um baita chute de fora da área, o mérito total dele. É ter paciência, pedir mais uma vez desculpa ao torcedor, talvez pode ser um discurso que já está virando rotina, mas é pedir desculpa pelo resultado negativo, se dedicar nos dois jogos que a gente temos em casa para conquistar duas vitórias e a classificação", afirmou.


Everton Cebolinha também admitiu o momento ruim do time. O atacante lamentou a situação do time no grupo da Libertadores, mas salientou que ainda há dois jogos em casa para mudar o cenário.


"O momento é muito difícil, momento instável da nossa equipe. Trabalhar mais agora, não tem o que fazer. Rever o que estamos fazendo de errado. Viemos de jogos muito abaixo daquilo que a gente tem apresentado até aqui na temporada, mas não há tempo para lamentar", disse.


"Infelizmente, estamos em uma situação difícil dentro do nosso grupo. Temos de ganhar os dois jogos que temos em casa. Vamos tentar usar o fator casa positivamente, como tem sido durante toda a temporada", completou.


Imagem
Flamengo vai ao Chile em jogo decisivo pela Libertadores
Vivendo seu momento de maior pressão na temporada, o Flamengo tem jogo decisivo nesta terça-feira (7) pela Libertadores.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade