Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação/MF2
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Fórmula E

'Altitude do México é variável desconhecida', diz Senna

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
11 mar 2016 às 14:25
Continua depois da publicidade

A Fórmula E conhecerá um ambiente inteiramente novo neste fim de semana durante a realização da quinta etapa da temporada 2015/2016. Além de estrear um circuito permanente, o e-Prix da Cidade do México levará os carros elétricos pela primeira vez a uma altitude desconhecida, já que a capital do país está localizada a pouco mais de dois mil metros acima do nível do mar. "Ainda não sabemos exatamente quais serão os efeitos do ar mais rarefeito. Nossa estimativa inicial é de uma perda de 20% em pressão aerodinâmica e 15% na refrigeração", disse Bruno Senna no trajeto até o Autódromo Hermanos Rodríguez, que receberia hoje o shakedown dos 18 carros.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Bruno está na capital mexicana desde a quarta-feira, mas só hoje tomaria contato com a pista. Na verdade, trata-se de um traçado com pouco maias de 2 km de comprimento, distinto do utilizado pela Fórmula 1 e que recorre a uma variante majoritariamente oval, com algumas chicanes apertadas e curvas de baixa velocidade. "Nem é tão diferente dos circuitos urbanos onde corremos até agora, porque os muros continuarão próximos. Áreas de escape também são poucas aqui", comparou.

Continua depois da publicidade


Os trabalhos de hoje deveriam começar a dar uma ideia das possibilidades de acerto. "Em tese, vamos poder correr com a altura mais baixa, mas também precisamos ver como o carro se comporta sobre as zebras", disse o brasileiro da Mahindra Racing. Com máximas bem amenas, por volta dos 20 graus, a maior preocupação das equipes e pilotos deverá ser em relação ao consumo de energia. "A temperatura das baterias não deverá ser uma questão importante desta vez."


Com 11 pontos e ocupando a 11ª colocação na classificação geral, Bruno espera superar a decepção da prova mais recente em Buenos Aires. Na capital argentina, os carros da Mahindra nem de longe apresentaram o rendimento esperado. Bruno fechou a zona de pontos na 10ª colocação e seu companheiro, o alemão Nick Heidfeld, terminou em 7º. A liderança do campeonato é do suíço Sébastien Buemi, que soma 80 pontos e leva quatro de vantagem sobre o mais direto perseguidor, o paulista Lucas di Grassi.

A corrida - 43 voltas - deste sábado começa às 19 horas de Brasília, com transmissão ao vivo pelo Fox Sports 2 a partir das 18h30.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade