Pesquisar

Canais

Serviços

- Studio Colombo / Pirelli
Continua depois da publicidade
No Bahrein

Após grave acidente, Honda confirma que Alonso terá de usar novo motor

Agência Estado
29 mar 2016 às 13:51
Continua depois da publicidade

Após o violentíssimo acidente sofrido por Fernando Alonso no GP da Austrália, no domingo retrasado, na etapa de abertura do Mundial de Fórmula 1, a Honda confirmou que o motor da McLaren do espanhol sofreu sérios danos e por isso precisará ser substituído por outro, totalmente novo, no GP do Bahrein, marcado para acontecer no próximo final de semana.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

"Após as investigações iniciais, ficamos maciçamente decepcionados que o ICE (motor a combustão) e a maioria das peças acabaram fortemente danificados com o impacto do acidente, que foi realmente muito grande. Agora teremos de substituir a unidade de potência total para o Bahrein", afirmou Yusuke Hasegawa, novo diretor-esportivo da Honda.

Continua depois da publicidade


Apesar da troca do motor, já após a primeira corrida, sendo que cada piloto pode usar no máximo cinco ao longo da temporada, Alonso sabe que o principal foi ter saído ileso do grave acidente. Naquela ocasião, na 18.ª volta do GP da Austrália, ele bateu na traseira de Esteban Gutiérrez, da Haas, e voou em direção à barreira de proteção. Após o choque, a McLaren capotou na área de escape e ficou destruída. O espanhol saiu rastejando de baixo do carro, mancando, mas sem nenhuma lesão.


No dia da corrida, Alonso chegou a dizer que "gastou uma das vidas que lhe restavam" e enalteceu a segurança dos carros atuais da F1. Já nesta terça-feira, ao comentar como será guiar no Bahrein após o grande susto levado na Austrália, o espanhol exibiu ansiedade e mostrou estar pronto para pilotar normalmente.


"Primeiramente, estou muito feliz em poder ir ao Bahrein depois do acidente sofrido na Austrália. Descansei e agora estou com muita vontade de entrar no carro novamente. Embora no papel não tenha sido uma grande corrida pra gente em Melbourne, antes do acidente estava protagonizando boas lutas e o carro parecia promissor, de modo que espero que no Bahrein nós possamos ter mais do mesmo", projetou.

Continua depois da publicidade

Para Alonso, voltar ao Bahrein também significa reencontrar o local onde ele ganhou três corridas na F1. E, embora hoje a McLaren esteja longe de brigar por vitórias, o espanhol irá guiar em um circuito que lhe dá prazer. "Adoro correr no Bahrein. Para mim, foi um bom circuito no passado, onde venci três vezes, e há vários lugares para ultrapassar", destacou o bicampeão mundial de F1.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade