Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Começou bem

Barrichello se destaca em teste pela Brawn GP

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Rubens Barrichello passou mais de quatro meses longe de um carro de Fórmula 1. Não pilotava na categoria desde o fim da temporada de 2008, em novembro do ano passado. Mas o longo período de afastamento parece ter feito bem ao brasileiro. Nesta terça-feira, em sua estreia na Brawn GP, ele foi o terceiro mais rápido no teste coletivo de Barcelona, com a marca de 1min20s966.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O desempenho do veterano confirmou a boa impressão que a equipe havia deixado no primeiro dia de trabalhos na pista catalã. Só Kimi Raikkonen, da Ferrari, e Kazuki Nakajima, da Williams, foram mais velozes que o modelo BGP 001, apresentado há menos de uma semana. O finlandês cravou o melhor tempo do dia, 1min20s314.

Continua depois da publicidade


Barrichello completou 111 voltas no circuito espanhol - para efeito comparativo, o GP da Espanha, tem 66. O brasileiro poderia ter andado ainda mais, não fosse um problema técnico no início dos trabalhos, quando o carro parou na pista.


A quarta colocação ficou com o italiano Jarno Trulli, da Toyota, que confirmou o sólido desempenho da equipe na pré-temporada. O alemão Nick Heidfeld, da BMW, não repetiu a performance de segunda-feira, quando liderou a sessão - ficou apenas em sexto.


A decepção foi mais uma vez a McLaren. Com o finlandês Heikki Kovalainen, a equipe do campeão Lewis Hamilton terminou o dia na nona colocação. Pior que o time inglês só a Toro Rosso, que teve vários problemas e completou apenas 20 voltas no dia - 14 com Sebastien Bourdais e seis com Sebastien Buemi, que nem conseguiu marcar tempo.

Continua depois da publicidade


Os testes continuam na quarta-feira, e a grande atração será a presença do inglês Lewis Hamilton. O campeão de 2008 viajou para Barcelona nesta terça, depois de receber uma condecoração da rainha Elizabeth II, e mostrou apreensão ao falar do carro. "Temos muito trabalho pela frente", disse.

Testes coletivos - Barcelona, 10/3:
1.º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min20s314
2.º - Kazuki Nakajima (JAP/Williams), 1min20s907
3.º - Rubens Barrichello (BRA/Brawn GP), 1min20s966
4.º - Jarno Trulli (ITA/Toyota), 1min21s182
5.º - Mark Webber (AUS/Red Bull), 1min21s347
6.º - Nick Heidfeld (ALE/BMW), 1min21s615
7.º - Adrian Sutil (ALE/Force India), 1min21s834
8.º - Fernando Alonso (ESP/Renault), 1min21s937
9.º - Heikki Kovalainen (FIN/McLaren), 1min21s991
10.º - Sebastien Bourdais (FRA/Toro Rosso), 1min23s039
11.º - Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso), sem tempo


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade