Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Aberto da Austrália

Federer humilha argentino e vai às semifinais

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

O argentino Juan Martin del Potro chegou ao Aberto da Austrália na condição de potencial candidato a zebra, mas foi tratado como um juvenil nesta terça-feira, em seu jogo pelas quartas-de-final. O suíço Roger Federer, número 2 do mundo, teve uma atuação digna dos anos passados, em que era apontado como um dos melhores de todos os tempos, e não deu a menor chance ao sul-americano, fechando o jogo em 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/0 e 6/0, em 1 hora e 20 minutos.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Del Potro, número 6 do mundo, só ofereceu alguma resistência no primeiro set, mas teve seu saque quebrado já no quarto game e acabou sendo derrotado sem chance de tentar uma quebra. Nas parciais seguintes, o argentino praticamente assistiu ao jogo, como um espectador privilegiado: marcou apenas 8 pontos em todo o segundo set, e 6 no terceiro.

Continua depois da publicidade


Federer, que vinha de uma maratona de cinco sets contra o checo Tomas Berdych, abusou das jogadas de efeito e aproveitou a chance de não precisar se cansar muito, chegando pelo 19º torneio seguido à semifinal de um Grand Slam - o último a batê-lo antes de uma semifinal continua sendo Gustavo Kuerten, nas quartas-de-final de Roland Garros, em 2004.

Nas semifinais em Melbourne, o suíço vai enfrentar o norte-americano Andy Roddick, um freguês contumaz: seu retrospecto contra ele é de 15 vitórias em 17 partidas. Roddick, no entanto, venceu o último jogo, em março do ano passado, nas quartas-de-final do Masters Series de Miami.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade