Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
GP da Austrália

Hamilton é punido e tempos da Toyota são cancelados

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Os bastidores da Fórmula 1 continuaram agitados neste sábado (28) após o treino de classificação que definiu o grid de largada para o GP da Austrália, em Melbourne. O resultado da agitação foram mudanças significativas nas colocações que os pilotos conseguiram na pista. O inglês Lewis Hamilton, atual campeão, foi punido por ter trocado a caixa de câmbio e só não larga em último porque a equipe Toyota teve os seus tempos cancelados, também por irregularidade no treino.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Enquanto a Brawn GP confirmou o favoritismo e fez a dobradinha com o inglês Jenson Button na pole e o brasileiro Rubens Barrichello em segundo, os carros da Toyota também mantiveram o bom desempenho dos treinos livres e foram bem na classificação. Após a sessão, porém, a FIA anunciou que a equipe japonesa havia usado um recurso proibido segundo a regulamentação técnica da Fórmula 1. De acordo com a entidade, a asa traseira dos carros era "extremamente flexível".

Continua depois da publicidade


Constatada a irregularidade, os pilotos da Toyota tiveram seus tempos cancelados. Com isso, o alemão Timo Glock perdeu a sexta posição conseguida na pista e o italiano Jarno Trulli não sairá mais na oitava colocação. Enquanto Trulli caiu para último no grid, Glock largará na 19.ª colocação, logo atrás de Hamilton.


Com problemas no carro, o inglês da McLaren teve que trocar a caixa de câmbio na segunda parte do treino, sendo punido com a perda de cinco posições. Como o atual campeão conseguiu o 15.º melhor tempo, deveria largar em 20.º. Mas a desclassificação dos carros da Toyota fez com que Hamilton ficasse mesmo na 18.ª posição do grid, à frente dos pilotos da equipe japonesa.


Confira como ficou o grid de largada para o GP da Austrália com as punições:

Continua depois da publicidade



1.º - Jenson Button (ING/Brawn GP), 1min26s202


2.º - Rubens Barrichello (BRA/Brawn GP), 1min26s505


3.º - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), 1min26s830


4.º - Robert Kubica (POL/BMW Sauber), 1min26s914


5.º - Nico Rosberg (ALE/Williams), 1min26s973


6.º - Felipe Massa (BRA/Ferrari), 1min27s033


7.º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min27s163


8.º - Mark Webber (AUS/Red Bull), 1min27s246


9.º - Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber), 1min25s504


10.º - Fernando Alonso (ESP/Renault), 1min25s605


11.º - Kazuki Nakajima (JAP/Williams), 1min25s607


12.º - Heikki Kovalainen (FIN/McLaren), 1min25s726


13.º - Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso), 1min26s503


14.º - Nelsinho Piquet (BRA/Renault), 1min26s598


15.º - Giancarlo Fisichella (ITA/Force India), 1min26s677


16.º - Adrian Sutil (ALE/Force India), 1min26s742


17.º - Sebastien Bourdais (FRA/Toro Rosso), 1min26s964


18.º - Lewis Hamilton (ING/McLaren), sem tempo**


19.º - Timo Glock (ALE/Toyota), sem tempo*


20.º - Jarno Trulli (ITA/Toyota), sem tempo*

* Punidos com a perda de posição por irregularidades no carro / ** Punido por trocar equipamento. (AE)


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade