Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Ciclismo

Itália confirma doping de vice-campeão olímpico

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

O Comitê Olímpico Italiano (Coni) confirmou nesta quarta-feira que o ciclista Davide Rebellin, medalha de prata na prova de estrada dos Jogos Olímpicos de Pequim, foi um dos atletas flagrados pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) nos exames de sangue reavaliados após a competição. Rebellin foi flagrado com o hormônio sintético Cera, uma evolução da eritropoietina (EPO), substância que estimula a produção de glóbulos vermelhos e facilita a oxigenação do sangue.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Mais de 900 exames foram refeitos, já que a tecnologia para detecção da Cera só ficou disponível para o COI depois da competição na China. A entidade, no entanto, havia feito na terça-feira apenas um anúncio genérico, com sete casos de doping, referentes a seis atletas. Rebellin é o primeiro nome a ser confirmado nessa lista. Os outros atletas ainda são desconhecidos, assim como seus esportes e nacionalidades - há rumores de que pelo menos um campeão olímpico foi flagrado.

Continua depois da publicidade


O Coni afirmou que o ciclista está suspenso provisorivamente, e terá um processo contra si aberto por seu procurador em casos de doping, Ettore Torri. Rebellin, que completou 37 anos justamente no dia da prova que conquistou a medalha, em 9 de agosto, foi convocado para prestar depoimento na próxima segunda-feira.

O nome do ciclista já havia sido mencionado na imprensa italiana após o anúncio do COI, mas ele negou qualquer ato ilegal. "Não sei o que pode ter acontecido, mas certamente isto é um erro", afirmou, em entrevista publicada nesta quarta-feira pelo jornal italiano La Stampa. Com a confirmação do doping, Rebellin deve ser desclassificado dos Jogos e perder a medalha de prata, que iria para o suíço Fabian Cancellara - o russo Alexander Kolobnev herdaria a medalha de bronze. O vencedor da prova foi o espanhol Samuel Sanchez.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade