Pesquisar

Canais

Serviços

Reprodução/Facebook
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Basquete

LeBron James agride, provoca ira de rival e é expulso pela 2ª vez na NBA

22 nov 2021 às 10:21
Continua depois da publicidade

O astro do basquete LeBron James, 36, foi expulso na vitória do Los Angeles Lakers, na noite deste domingo (21), sobre o Detroit Pistons (121 a 116), válida pela temporada regular da NBA.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Na casa do rival, ele foi "ejetado", como se diz no jargão do esporte, por uma falta flagrante 2 após acertar um soco no rosto de Isaiah Stewart, dos Pistons.


O golpe deixou um grande corte que fez o sangue escorrer pelo rosto de Stewart e o enfureceu. O jogador então passou a tentar atacar James repetidamente, enquanto seus companheiros de equipe não conseguiam acalmá-lo. Houve bate-boca e empurrões, mas sem desdobramentos mais graves.


O atleta de 20 anos, que está em sua segunda temporada na liga, também acabou expulso.

Continua depois da publicidade


A briga começou quando o time de Detroit estava na frente no placar (78 a 66), faltando 9 minutos e 18 segundos para o fim do terceiro quarto.


LeBron James acertou o rosto de Stewart após um lance livre. O jogador dos Lakers foi escoltado até o vestiário, para evitar que a confusão se estendesse nos corredores, e não falou com a imprensa. Era seu segundo jogo após perder oito partidas devido a uma lesão.


Outro astro da equipe de Los Angeles, Anthony Davis saiu em defesa do colega. "Todo mundo na liga sabe que LeBron não é um cara sujo. Assim que ele fez isso, olhou para ele [Stewart] e disse 'Oh, me desculpe, eu não tentei fazer isso'".


Essa foi a segunda expulsão da carreira de LeBron James em 19 temporadas na NBA. A outra ocorreu quando ele jogava pelo Cleveland Cavaliers e discutiu com a arbitragem durante uma vitória por 108 a 97 sobre o Miami Heat (seu antigo time) em novembro de 2017.


Neste domingo, LeBron fez 10 pontos e deu cinco assistências em 21 minutos antes da expulsão.


O técnico do Pistons, Dwane Casey, disse que Stewart levou de oito a nove pontos para reparar o corte e que o atleta não deveria receber nenhuma punição.


A NBA ainda não se pronunciou sobre a confusão, com potencial de gerar suspensão para o maior astro da liga.


Lakers e Pistons se enfrentarão novamente no próximo domingo (28), desta vez em Los Angeles.

Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo