Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação/CBV
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Deixa Sheilla fora

Zé Roberto define seleção feminina brasileira de vôlei que vai a Tóquio

Folhapress
26 jun 2021 às 15:44
Continua depois da publicidade

A CBV (Confederação Brasileira de Voleibol) anunciou neste sábado (26) a lista com as 12 atletas que vão representar a seleção feminina na Olimpíada de Tóquio.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


O técnico José Roberto Guimarães convocou a promissora ponteira Ana Cristina, 17, destaque na Superliga com a camisa do Flamengo, que pela primeira vez participará da Olimpíada. O treinador deixou de fora a bicampeã olímpica Sheilla, 37.

Continua depois da publicidade


Em entrevista à Folha de S.Paulo, Zé Roberto havia dito que Sheilla, apesar de seu talento e história no voleibol, só seria chamada se estivesse em boas condições físicas. O técnico também havia feito elogios a Ana Cristina.


"Tenho uma certa experiência com algumas jogadoras que chegaram nessa idade na seleção, como a Fabi, a Natália. E a Ana Cristina não deixa nada a desejar. Para mim, veio para ficar. Boa menina, ótima formação, tranquila", falou o treinador da seleção, em entrevista concedida em abril deste ano.


Outra disputa acirrada foi a de Roberta e Dani Lins por uma vaga na posição de levantadora -Macris é a titular. Roberta levou a melhor depois de ter sido preterida na Rio-2016.

Continua depois da publicidade


Também chamou atenção a confirmação de Carol Gattaz. Aos 39 anos, a central, que completará 40 anos no dia em que o Brasil jogará contra República Dominicana, na segunda partida em Tóquio, vai disputar a sua primeira Olimpíada.


A central do Itambé/Minas foi cortada pelo próprio Zé Roberto em Pequim-2008, sofreu com lesões durante o ciclo para Londres-2012 e não foi cotada para os Jogos do Rio de Janeiro.


A seleção embarcará no dia 12 de julho para Tóquio e fará sua estreia contra a Coreia do Sul, no dia 25 de julho. Na sequência, enfrentará República Dominicana (dia 27), Japão (dia 29), Sérvia (dia 31) e Quênia (2 de agosto).


A equipe ficou com o vice da Liga das Nações -o primeiro torneio entre seleções desde a pandemia de Covid-19- ao perder a decisão para os Estados Unidos por 3 sets a 1 (26/28, 25/23, 25/23 e 25/21). Carol Gattaz, Tandara e Gabi foram eleitas para a seleção da Liga das Nações.


Confira a lista de convocadas para a Olimpíada


Levantadoras
Macris
Roberta


Oposta
Tandara


Oposta/ponteira
Rosamaria


Ponteiras
Natália
Fernanda Garay
Gabi
Ana Cristina


Centrais
Carol Gattaz
Carol
Bia


Líbero
Camila Brait


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade