Pesquisar

Canais

Serviços

- Ivan Storti/Santos FC
Não dava mais

Santos FC demite Fernando Diniz depois de um mês sem vencer

06 set 2021 às 09:31
Continua depois da publicidade

O Santos anunciou neste domingo (5) que demitiu o técnico Fernando Diniz, 47, logo depois da derrota para o Cuiabá pelo Campeonato Brasileiro.

Continua depois da publicidade


Continua depois da publicidade

"O Santos FC comunica que Fernando Diniz deixa a função de técnico do time profissional neste domingo, 5 de setembro. O treinador foi comunicado ainda em Cuiabá, após reunião com o presidente Andres Rueda e o executivo de futebol, André Mazzuco", diz a nota do clube.


Além de Diniz, os auxiliares-técnicos Eduardo Zuma e Yan Razera e o preparador físico Wagner Bertelli também deixam a Vila Belmiro.

Continua depois da publicidade


Diniz chegou ao Santos no dia 7 de maio e não resistiu à sequência negativa. Comandou a equipe em 27 partidas e obteve 10 vitórias, sete empates e 10 derrotas.


O alvinegro não vence há seis jogos - desde o dia 12 de agosto. Nesse período amargou eliminação e derrotas doloridas, como a de 4 a 0 para o Flamengo no sábado (28). Com um elenco limitado, o goleiro João Paulo tem evitado o pior com boas atuações. Contra o Flamengo, por exemplo, o arqueiro salvou o time paulista de uma goleada com placar ainda mais elástico.


Com a derrota para o Cuiabá por 2 a 1 neste sábado (4), na Arena Pantanal, o Santos caiu para o 13º lugar do Campeonato Brasileiro, com 22 pontos - somente quatro à frente do América-MG, o primeiro na zona do rebaixamento.


Além da campanha ruim no Nacional, o time foi eliminado na Copa Sul-Americana pelo Libertad (PAR), no último dia 19.


No jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, o Santos também perdeu por 1 a 0 para o Athletico e precisará reverter o resultado no próximo dia 14, na Vila Belmiro.


VEJA A NOTA OFICIAL DO SANTOS


O Santos FC comunica que Fernando Diniz deixa a função de técnico do time profissional neste domingo, 5 de setembro. O treinador foi comunicado ainda em Cuiabá, após reunião com o presidente Andres Rueda e o executivo de futebol, André Mazzuco.


Os auxiliares-técnicos Eduardo Zuma e Yan Razera e o preparador físico Wagner Bertelli também deixam o Clube. O Santos FC agradece ao técnico pelos serviços prestados, iniciados no dia 7 de maio, pela parceria neste momento do Clube e deseja sorte em seu futuro profissional.

Continue lendo