Pesquisar

Canais

Serviços

Formiga fez o primeiro gol da virada do Brasil - Divulgação/CBF
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Goleada

Brasil vence a Alemanha por 4 a 1 e vai disputar o ouro

Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

A Seleção Brasileira Feminina goleou a Alemanha, de virada, por 4 a 1, no Estádio Olímpico de Xangai, e está classificada para a final das Olimpíadas de Pequim. A adversária do jogo desta quinta-feira, às 10 horas de Brasília, em Pequim, sai do confronto entre Estados Unidos e Japão, que jogam nesta segunda-feira, às 10 horas de Brasília, em Pequim. Formiga, Cristiane (dois) e Marta garantiram a vitória do Brasil.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O Brasil ainda não tinha encontrado seu verdadeiro futebol nas Olimpíadas de Pequim. Mas nesta segunda-feira, o que se viu no Estádio Olímpico de Xangai foi uma demonstração de que a técnica e a habilidade, escoradas em um conjunto forte, é que verdadeiramente decidem uma partida de futebol. Foi o que aconteceu na primeira vitória brasileira sobre as atuais campeões do mundo, conseguida de maneira categórica e com direito a gols com a marca de craques como são Marta e Cristiane.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Quando Brasil e Alemanha se enfrentam, o que se vê em campo é o maior clássico da história do futebol feminino. Desta vez não foi diferente. O jogo começou de forma movimentada, e logo aos nove minutos a atacante Prinz roubou uma bola, após falha da zagueira Érika, e abriu o placar. As meninas do Brasil precisavam sair para o jogo para continuar sonhando com a medalha de ouro inédita.


Aos 17 minutos, uma atacante alemã aproveitou nova falha da zaga do Brasil e a goleira Bárbara fez boa defesa, em chute rasteiro.


O Brasil encontrava problemas para sair a bola da defesa. Sempre com chutões para a frente, sem precisão. Quando o time começou a tocar a bola com mais rapidez, a habilidade de Marta, Cristiane, Daniela Alves, Maycon e Formiga passou a prevalecer. A Seleção Feminina já estava dominando o jogo, buscando um gol para equilibrar o placar ainda no primeiro tempo.

Continua depois da publicidade


Aos 26 minutos, Cristiane dividiu de bicicleta coma goleira, e no rebote, Marta chutou forte para a goleira Angerer defender. Aos 34 minutos, Cristiane aproveitou cobrança de escanteio e cabeçeou com perigo pelo lado do gol da Alemanha.


Aos 35 minutos, Daniela Alves tentou um chute de fora da área, mas a goleira alemã fez a defesa em dois tempos.


Aos 43 minutos, Cristiane fez bonita jogada pela esquerda, rolou a bola na área, Marta furou, e Formiga, com força e precisão, chutou sem defesa para a goleira e igualou o placar no final do primeiro tempo.


Depois do gol, as jogadoras do Brasil ganharam mais confiança e começaram a chegar mais vezes com perigo ao gol. Antes do fim da primeira etapa, Marta chutou com força de fora da área, e Angerer espalmou para escanteio. Na cobrança, o Brasil quase chegou ao segundo gol com uma cabeçada de Simone Jatobá.


No segundo tempo, 4 a 1 para o Brasil. Cristiane chega à artilharia das Olimpíadas, com cinco gols


No segundo tempo, as meninas do Brasil voltaram dispostas a reverter o placar. Jogando na espera, e usando dos contra-ataques, o Brasil conseguiu a virada, a vitória e a vaga na final das Olimpíadas de Pequim.


Logo aos três minutos, Marta puxou um contra-ataque e rolou para Cristiane, que com muita categoria tocou para o fundo das redes sem chances para a goleira alemã: 2 a 1. Quatro minutos depois, Marta começou outro contra-ataque, mas desta vez não tocou para Cristiane. Driblou duas zagueiras e colocou com o bico do pé esquerdo para marcar 3 a 1 para o Brasil.


Cristiane ainda marcou mais um, e um golaço. A atacante driblou quase toda a defesa alemã e chutou de direita sem chances para Angerer: 4 a 1. Este foi o quinto gol da Cristiane nesta edição das Olimpíadas, que é a artilheira do torneio de futebol feminino.


Inédito


O resultado foi histórico. A defesa da Alemanha é vista como a melhor do mundo no futebol feminino. Mas o melhor futebol do mundo é o brasileiro. A habilidade, a raça e a disposição Seleção Feminina garantiram mais uma medalha para o futebol feminino brasileiro. Chegou a hora do ouro inédito.

A Seleção Feminina jogou com Bárbara, Erika, Renata Costa e Tânia Maranhão; Simone Jatobá, Daniela Alves (Francielle), Formiga, Ester e Maycon; Marta e Cristiane (Fabiana).


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade