09/07/20
23º/15ºLONDRINA

Copa Rubro-Verde - Um torneio só com Portuguesas

Lusinha de Londrina disputa competição com coirmãs

Divulgação/Portuguesa-RJ
Divulgação/Portuguesa-RJ - Lusinha foi atropelada pela xará carioca por 4 a 0
Lusinha foi atropelada pela xará carioca por 4 a 0

A Portuguesa Londrinense é um dos cinco clubes que estão participando da segunda edição da Copa Rubro-Verde, que tem partidas concentradas em São Paulo e Rio de Janeiro. Além do time pé-vermelho, estão na competição a Portuguesa de Desportos, a Santista, a do Rio de Janeiro e o Marítimo, de Portugal, com seu elenco reserva, já que o principal está disputando o Campeonato Português. A copa começou na quinta-feira (3) e a final será em 13 de janeiro.
Na estreia, a Portuguesa Londrinense foi goleada pela coirmã carioca por 4 a 0. No sábado (5), ficou no empate em 2 a 2 com o Marítimo. O time saiu na frente, porém levou a igualdade dos portugueses da Ilha da Madeira. No grupo A, o clube de Londrina vê como difícil o avanço para a semifinal do campeonato. Como somente dois do grupo continuam, depende de uma derrota do Marítimo para a Portuguesa-RJ por placar elástico. O confronto será na terça-feira (8), às 16 horas, no estádio Luso Brasileiro, no Rio.

Segundo Edson Moretti, presidente da Portuguesa Londrinense, a competição tem sido um laboratório para a equipe, que na temporada terá pela frente a Terceira Divisão do Paranaense, além das disputas juvenis do Estadual. "Dependemos deste jogo de terça, mas mesmo se não avançarmos a experiência já foi muito boa. A partida com o Marítimo, por exemplo, repercutiu em Portugal. Estamos jogando com atletas do sub-20 e sub-21, com alguns que terminaram a segunda divisão no ano passado e outros de ‘laboratório’, para analisarmos o desempenho", destacou.
Mesmo sem data definida para o arbitral da Terceirona do Paranaense, a ideia é que o clube utilize estes jogadores mais novos, mesclando com até cinco experientes. "A Portuguesa tem tradição em participar das competições do Estado e neste ano não será diferente. Nosso papel sempre foi de revelar novos talentos", apontou o mandatário, citando o atacante Pablo Juan, de 16 anos. Desde os 11 anos no time, assinou com as categorias de base do Flamengo no fim de 2017. Para o próximo ano, o planejamento na Copa Rubro-Verde é contar com mais clubes de Portugal, como Porto, Sporting e Benfica. "O Vasco iria participar da atual edição, mas desistiu em cima da hora. Queremos ter mais equipes para reforçar o campeonato, ampliando sua relevância", projetou. A vencedora da edição passada da copa foi a Portuguesa-RJ.
Pedro Marconi
Grupo Folha
Continue lendo
Notícias
Síndico profissional
17 JAN 2019 às 00h00
Notícias
Sonhos
17 JAN 2019 às 00h00
Notícias
Humor
17 JAN 2019 às 00h00
Notícias
Inep vai divulgar notas do Enem
17 JAN 2019 às 00h00
Notícias
Santo do dia
17 JAN 2019 às 00h00
Notícias
SAÚDE DIVULGA NÚMEROS DA DENGUE EM LONDRINA
17 JAN 2019 às 00h00
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados