Pesquisar

Canais

Serviços

- Fotos: Paulo Monteiro
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Infeliz aniversário - Passagem subterrânea assombra população há um ano

Paulo Monteiro
NOSSODIA
31 dez 2015 às 10:28
Continua depois da publicidade


Grafites na parede e o mato alto. Depois de um ano, essas são as mudanças na passagem subterrânea localizada entre as Ruas Patativa e Pelicano, no Jardim Paraíso, zona norte de Londrina. O túnel fica sob a linha de trem que divide o bairro, está sujo e não recebe uma reforma há anos. Além disso, é muito escuro, fedorento e, é claro, perigoso.
Há um ano, o NOSSODIA havia passado a situação para o secretário Municipal de Obras, Walmir Matos, que ainda está à frente da Secretaria, porém, aparentemente, nada foi feito no local.
Espaço é muito utilizado pelos moradores da região, pois é a única alternativa segura para a comunidade se deslocar de um lado ao outro. Parte deles passa pelo lugar depois de buscar os filhos na Escola Municipal Haydee Colli Monteiro, também localizada no Paraíso. As crianças ficam sujeitas ao clima insalubre e obscuro.
O mato alto na entrada e na saída do túnel ainda atrai muitos insetos, que atacam quem se aventura por ali. Caso os pedestres não queiram utilizar a passagem, a via mais próxima fica a cerca de 100 metros de distância, já na Avenida Águia Imperial.
Morador do Jardim Paraíso há 20 anos, o pedreiro Marcelo Silva explica que o espaço não ganha uma reforma há pelo menos 10 anos. "É o tempo que eu consigo me lembrar. Infelizmente, não temos outro lugar para passar. Vai subir esse morro, passar sobre a linha de trem e depois descer rolando do outro lado?", questiona o pedreiro.

Povão não outra alternativa a não ser encarar o medo e os perigos da passagem
Povão não outra alternativa a não ser encarar o medo e os perigos da passagem


Rachadura e infiltraçoes
Uma rachadura acompanha toda a extensão da passagem subterrânea, mas, aparentemente, não apresenta riscos de que irá sucumbir ao peso da linha. Por causa das chuvas, há infiltrações, além de poças e terra acumuladas no interior do túnel. As goteiras também exigem muita atenção dos pedestres. "É difícil passar por ali e não se molhar", completa o pedreiro Marcelo Silva. Fora do corredor estreito, há apenas um poste com luz. Porém, segundo os vizinhos, a estrutura está com problemas e não ascende todos os dias, para aumentar o drama da comunidade. (P.M.)

Respostas
Ney Paulo, secretário interino municipal de Obras, após ser informado pelo NOSSODIA e avaliar a situação, adiantou que o caso será repassado para a América Latina Logística (ALL), responsável pela malha ferroviária no local. "Vamos solicitar que a empresa realize os reparos nesta passagem subterrânea. Aguardaremos entre 15 e 20 dias uma resposta da ALL. Se for necessário, aceitaremos realizar os reparos em parceria com a respectiva empresa (ALL)", adiantou o secretário interino.
A respeito dos problemas nos postes de iluminação, a situação foi encaminhada para o coordenador de atendimento e logística da Sercomtel Iluminação, Roberto Duarte, responsável pela manutenção de lâmpadas que compõem o acervo urbano. Ele explicou que os postes da Rua Patativa passaram por uma revisão no último dia 13 de outubro. Ele informou que as fortes chuvas nos últimos meses podem ter causado danos na ligação elétrica das estruturas, ocasionando panes nas lâmpadas. Mesmo assim, afirmou que o pedido de manutenção entraria no cronograma da companhia. (P.M.)


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade