Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade

Lucio Flávio

28 mar 2016 às 08:44
Continua depois da publicidade

Novela
Imagina você leitor. Depois de 12 anos o Londrina volta a jogar a série B do Brasileiro e se vê obrigado a estrear no Willie Davids, em Maringá. Seria uma vergonha nacional para a cidade. Infelizmente, esta situação pode ser tornar real. O estádio do Café tem três laudos vencidos e a Prefeitura e a FEL se batem para tentar deixar o local em ordem. Mas ninguém se arrisca a garantir que o LEC vai estrear em casa. E olha que desde outubro do ano passado todo mundo sabe que o time iria jogar a série B. Quanta incompetência.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Tiririca
Pelo menos um gramado bom vamos ter em 2016. Esta era a promessa e todo mundo acreditava que este problema estaria resolvido. Agora vem à tona, que depois de mais de quatro meses de reforma, o gramado ainda não está pronto, existem falhas em diversas parte do piso e até a invencível tiririca nasceu entre a nova grama. E olha que tiraram 20 centímetros de terra para levar embora todas as ervas daninhas. E colocaram no local areia. Pelo jeito ela veio contaminada também. Parece piada, mas não é. A coisa é séria e preocupante. Neste ritmo, são os outros times que vão continuar rindo na nossa cara.

VGD
Para a alegria de uma parte da torcida alviceleste, o velho VGD está liberado para receber jogos até o fim do ano. Mas, só para cinco mil torcedores. E não dá para colocar mais gente ali mesmo. É um patrimônio da cidade e do clube e por isso precisa ser preservado. Mas não dá para pensar no VGD como a casa do Londrina. Ali é difícil de chegar, faltam banheiros, bares, conforto e segurança. Para assistir o jogo inteiro só ficando de pé e olhe lá. É um quebra-galho para os momentos de desespero como agora. Pelo menos teremos onde jogar na segunda fase do Paranaense e da Copa do Brasil. Já na série B, nem Deus sabe onde o clube vai atuar.


Compartilhar nas redes:

Continue lendo

Leia mais

Últimas notícias

Publicidade