10/12/19
º/º
PUBLICIDADE

LUCIO FLÁVIO

Pedidos
Já que o ano novo está começando acho justo fazer alguns pedidos que certamente o torcedor do Londrina gostaria de fazer. Até porque 2018 foi mesmo para esquecer, com exceção dos raros momentos em que o Dagoberto esteve em campo. Aliás, este é o primeiro presente que quero pedir. Que o Sérgio Malucelli tire o escorpião do bolso e monte um time bom para que o Dagol realmente permaneça no clube. Se ele tiver pelo menos mais uns quatro ou cinco que consigam acompanhar um pouco do seu raciocínio o Londrina poderá quem sabe parar de bater na trave e finalmente garantir o tão sonhado acesso para a série A.

Pedidos 2

Sinceramente, ficaria muito feliz se o nosso estimado gestor passasse o ano sem reclamar de tudo que o cerca nesta terra vermelha. Do clube, da cidade, da torcida, dos empresários, do estádio – bom, este já é mais difícil mesmo de não reclamar. Talvez um pouco mais de gratidão e reconhecimento, já que ele é sim um dos grandes responsáveis pelo ressurgimento do LEC, mas não o único, pudesse ajudar a aproximar o clube da cidade e da sua torcida e fortalecer a equipe dentro de campo em busca de grandes resultados.

Pedidos 3
Queria pedir também que o torcedor saia da frente da TV e das redes sociais e vá ao Café. É verdade que muitas vezes o time não ajuda e que o estádio não é lá essas coisas em termos de conforto e comodidade, mas não dá para ter equipe forte e vitoriosa com o estádio vazio. Seria bom acabar também com esta divisão entre torcedores. Eu sou mais torcedor porque só torço para o LEC, você é modinha, torce para time do eixão. Uma bobagem sem tamanho. O Londrina precisa é de gente no estádio, seja ela de qual influência familiar e cultural for. Até porque o dinheiro de um é o mesmo do outro. Meu pedido antes de sair de férias é que todas estas barreiras caiam em 2019 a favor do Tubarão. Até fevereiro!
PUBLICIDADE
comentários
Continue lendo

Síndico profissional

Sonhos

Pilhas

Humor

Inep vai divulgar notas do Enem

Santo do dia

Santo Antão

Veja mais e a capa do canal
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE