Pesquisar

Canais

Serviços

Palavra de Lobisomem

24 mar 2016 às 09:38
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

"Eu até faria uma piada sobre os políticos, mas eles roubariam a graça"

Continua depois da publicidade

Aposta
Em um jogo de pôquer, Almeida aposta todo dinheiro que tem e perde. Aposta a carteira e perde. Aposta o carro e perde. Então ele não vê outra opção:
— Eu aposto minha mulher!
Os outros jogadores ficam espantados e o melhor amigo do Almeida desiste do jogo.
- Ah, está com medo de perder, né?
- Eu não. Tô com medo é de ganhar!

Perna curta
O sujeito estava lendo tranquilamente o jornal, quando a mulher lhe dá uma frigideirada na cabeça.
- O que é isso, tá maluca?
- Isso é pelo bilhete que eu encontrei no bolso da sua calça, com o telefone de uma tal de Marilú!
- Querida, isso foi no dia em que eu fui à corrida de cavalos. Marilú, era o nome da égua que apostei e este número era o valor total das apostas.
A mulher ficou desconcertada e desdobrou-se em desculpas. Dias depois, ele estava novamente lendo o seu jornal e pimba, leva outra frigideira na cabeça.
- A sua égua está no telefone.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade