08/07/20
26º/16ºLONDRINA
Em 2019

Quatro pessoas já morreram no trânsito em Londrina

[local="20190110-1851"]

Em pouco mais de uma semana, Londrina registrou quatro mortes no trânsito. Depois de um início de ano tranquilo, o primeiro óbito veio na sexta-feira (6), quando Vinicius do Nascimento Ferreira, de 19 anos, que estava a bordo de uma Honda CB 300, tentou uma ultrapassagem pela faixa da esquerda e acabou batendo na lateral de um caminhão-guincho Volvo e parando debaixo de uma das rodas. Vinicius morreu na hora. A sua carteira de motorista ainda estava na etapa de permissão.

A segunda ocorrência foi um atropelamento registrado no fim da tarde da última segunda-feira (7), na avenida Maringá. Marlene Vicentini, de 76 anos, saía de uma padaria, atravessando em uma faixa de pedestres, quando uma motocicleta a atingiu em cheio. Marlene teve múltiplas fraturas e foi encaminhada ainda com vida para a Santa Casa, mas morreu na madrugada de terça (8).

No mesmo dia, outras duas mortes foram registradas: logo pela tarde, Guilherme Marçal Diniz, de 20 anos, morreu na hora depois de bater contra a traseira de um caminhão na PR-445, sentido Londrina-Cambé, próximo ao Iapar. O velocímetro da Honda CG Titan 150 que Gabriel conduzia parou em 120 km/h. Imagens das câmeras de estabelecimentos próximos mostram que a vítima estava disputando um "racha" com outra motocicleta. As imagens também mostram que Gabriel estava praticamente deitado na motocicleta, para pegar menos vácuo e manter a alta velocidade. O nome do outro motociclista não foi divulgado.

A quarta e última morte nas vias de Londrina teve como palco a avenida Duque de Caxias, esquina com a rua Venezuela, na Vila Brasil. Ancelmo Ramires, de 78 anos, foi atropelado por Daniel Luis Gonçalves, de apenas 20, que estava a bordo de uma Honda CB 300. Daniel foi levado à UPA do Jardim do Som com suspeita de fratura no nariz. No caso de Ancelmo, equipes do Siate e Samu ainda tentaram reanimar a vítima por quase uma hora, mas ele morreu dentro da ambulância devido às complicações pelas fraturas na costela esquerda e trauma na região do tórax.

A reportagem do NOSSODIA tentou contato com o Diretor de Trânsito da CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização), Coronel Pedro Ramos, mas foi informada pela assessoria de imprensa da Companhia de que ele não se pronunciaria sobre os casos.
Edson Neves/NOSSODIA
Continue lendo
Notícias
Síndico profissional
17 JAN 2019 às 00h00
Notícias
Sonhos
17 JAN 2019 às 00h00
Notícias
Humor
17 JAN 2019 às 00h00
Notícias
Inep vai divulgar notas do Enem
17 JAN 2019 às 00h00
Notícias
Santo do dia
17 JAN 2019 às 00h00
Notícias
SAÚDE DIVULGA NÚMEROS DA DENGUE EM LONDRINA
17 JAN 2019 às 00h00
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados