Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade

Quem quer ser marinheiro? Marinha abre concurso público com 1,3 mil vagas

Redação NOSSODIA
03 mar 2016 às 10:19
Continua depois da publicidade

A Diretoria de Ensino da Marinha (DensM) abriu as inscrições para o Concurso Público de Admissão às Escolas de Aprendizes-Marinheiros (CPAEAM) em 2016. Há 1340 vagas, sendo 268, destinadas aos negros.
As inscrições devem ser feitas até as 23h59 do dia 28 de março de 2016, preferencialmente pela internet, na página oficial da DEnsM, no endereço www.ensino.mar.mil.br ou www.ingressonamarinha.mar.mil.br; ou ainda nos postos de inscrição constantes no edital, nesse caso o candidato deve comparecer nos dias úteis, das 8h às 16h. A taxa de inscrição é de R$ 20,00 e será aceita, via boleto bancário, até o dia 31 de março.
Entre os requisitos necessários para inscrição estão: ser brasileiro nato ou naturalizado e do sexo masculino; ter 18 anos completos e menos de 22 anos de idade no primeiro dia do mês de janeiro 2017; ter concluído o ensino médio até 22 de janeiro de 2017 (data que termina o prazo de verificação de documentos); não ser casado ou ter constituído união estável; ter registro no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e estar em dia com as obrigações do Serviço Militar e da Justiça Eleitoral.
Os candidatos serão selecionados por prova escrita objetiva, inspeção de saúde, teste de aptidão física, avaliação psicológica, verificação de dados biográficos e verificação de documentos. As provas e eventos complementares vão ser realizadas nas cidades de Rio de Janeiro, São Pedro da Aldeia-RJ, Angra dos Reis-RJ, Nova Friburgo-RJ, Vila Velha-ES, Salvador-BA, Natal-RN, Olinda-PE, Fortaleza-CE, Belém-PA, São Luís-MA, Rio Grande-RS, Porto Alegre-RS, Florianópolis-SC, Ladário-MS, Brasília-DF, São Paulo-SP, Manaus-AM, e Santos-SP.

O curso
O curso terá início em 23 de janeiro de 2017 e será conduzindo nas Escolas de Aprendizes-Marinheiros (EAM), sob regime de internato, inteiramente gratuito e com duração de um ano letivo, no qual serão ministradas disciplinas do ensino básico e do ensino militar-naval. O aprendiz receberá alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa, além de bolsa-auxílio de R$ 790,00. Os candidatos podem manifestar preferência para cursar em uma das EAM, porém a Marinha pode designar o candidato para qualquer outra unidade. Atualmente existem quatro escolas: Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará, em Fortaleza (EAMCE); Escola de Aprendizes-Marinheiros de Pernambuco, em Recife (EAMPE); Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo, em Vitória (EAMES) e Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina, em Florianópolis (EAMSC). O candidato também deve indicar a ordem de preferência de área profissional, a saber: Eletroeletrônica, Apoio e Mecânica. As especialidades de cada área estão disponíveis no edital.
Após concluir o curso com aproveitamento, o Grumete será promovido a Marinheiro e poderá ser designado a servir a Marinha, em todo o território nacional, para cumprir o Estágio Inicial.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade