Pesquisar

Canais

Serviços

- Paulo Monteiro
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

SINAL DE ALERTA? No lugar do asfalto, móveis velhos

Paulo Monteiro
NOSSODIA
07 mar 2016 às 09:35
Continua depois da publicidade


Não. Não foi um motorista de caminhão de mudança, desatento, que passou pela rua, derrubou e deixou para trás os móveis que transportava. Na última semana, uma rack, ou o que restou dela, foi colocada no meio da via para alertar os motoristas, motociclistas, ciclistas e evitar que acidentes aconteçam. É que a rua Serra Bonita, no Jardim Bandeirantes, zona oeste de Londrina, está com diversos buracos em sua extensão. A comunidade quer dar um fim no problema e por isso exige melhorias da Prefeitura.
O entregador Adão Geraldo Guizi explica que a rua está com problemas há mais de um ano. "Esses buracos só aumentam a cada chuva. Essa não é a única rua do Bandeirantes que está com buracos. O pessoal sempre liga pedindo ajuda para a Prefeitura, mas ainda não arrumaram isso", lamenta ele.
Sobre a rack colocada em um dos buracos, Adão afirma que não foi o responsável pela sinalização improvisada. Nos dias chuvosos, as aberturas no asfalto ficam tomadas por água. "Não fui eu. Também não sei quem deixou esse móvel aí. Mas tenho certeza que é pra sinalizar os desavisados. Durante a noite, nossa rua fica muito escura, a iluminação é muito fraca e o motoqueiro tem dificuldades para visualizar os defeitos no asfalto", lamenta Guizi.
"P..." da vida, o vendedor Paulo Cesar Júnior diz que a reforma das ruas só não chega na periferia. "Quem mora longe do Centro não é tão atendido. Mas no Centro as ruas são refeitas quase que todas as semanas, mesmo sem defeitos. Estou desanimado e não acredito mais em uma solução no Bandeirantes", desabafa o vendedor.

Tapa-buracos ou recape?
O NOSSODIA encaminhou a situação ao assessor de gabinete da secretaria municipal de Obras, Ney Paulo. Ele afirma que pretende avaliar o problema. Caso a operação tapa-buracos resolva, uma equipe será encaminhada ao local. "Temos cinco equipes para realizar o serviço em todas as regiões da cidade. Vamos encaminhar o pessoal da pavimentação para avaliar a situação. Se necessitar de um simples trabalho de tapa-buracos, será resolvido rapidamente", adianta ele. "No entanto, se for necessário o recapeamento, demorará um pouco mais por causa da complexidade do serviço, que exige um processo de licitação e outros trâmites. Além disso, ressalto que o atendimento depende do nosso cronograma e do bom tempo, já que a chuva não permite a execução do trabalho. Estamos atuando no momento nas zonas leste, norte e sul. A oeste será atendida nos próximos meses", adianta Paulo. O assessor também foi questionado sobre o suposto atendimento privilegiado na região central de Londrina. "Sobre o Centro, trata-se de um critério técnico, pois ele possui uma demanda maior. Todas as regiões se encontram no Centro e suas vias se desgastam mais, necessitando de uma atenção maior. Mesmo assim, já finalizamos o trabalho na região central e estamos nos dedicando aos demais pontos da cidade", complementa. (P.M.)


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade