Pesquisar

Canais

Serviços

O livro ensina, de forma divertida, a crianças, jovens e adultos as regras - nem tão difíceis assim - do xadrez - Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
De forma divertida

"A Guerra de Mentirinha" ensina a jogar xadrez de verdade

Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

"O livro ensina às crianças, jovens e até adultos as regras do xadrez, de forma divertida, sem aquela austeridade dos manuais", explica Carlito, o autor da obra.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Carlito, na realidade Carlos da Cunha, é publicitário com sólida carreira construída nas últimas décadas e ilustrador consagrado no mercado editorial brasileiro, com mais de 100 livros ilustrados por ele. Nesse convívio com o mundo da literatura, também tomou gosto pela prosa e assim nasceu o escritor Carlito Cunha, que escreveu outros dois livros: "Salto Grande do Meu Tempo - e Outros Causos" e "Iotah - O Milagre da Amazônia"

Continua depois da publicidade


"A Guerra de Mentirinha - Xadrez para Todos" é seu primeiro livro, lançado em 1971, todo em preto e branco, quando Carlos da Cunha trabalhava com revistas de HQ (Histórias em Quadrinhos), sendo dele o personagem brasileiro Chico de Ogum, em parceria com Nico Rosso. "A Guerra de Mentirinha" foi relançado este ano pela Editora As Américas (www.editoraasamericas.com.br), colorido, todo reformulado e com novas ilustrações do autor, além de desenhos de tabuleiros mostrando os movimentos das peças.


O livro conta a história de dois reinos que dispunham de pouco espaço para viver. Mas antes que um conflito maior pudesse acontecer, o bobo da corte, conhecido como Coringa, personagem irreverente, alegre e inteligente, sugere uma guerra onde não há mortos e nem feridos. Ele "inventa" o Xadrez e resolve o problema dos dois reis.

Mais informações sobre o livro e para comprar, acesse a Loja do Autor.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade