Pesquisar

Canais

Serviços

Tudo tem seu devido valor e merece respeito, seja no mundo adulto, seja no mundo das crianças - Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Para pensar

Reflexões sobre uma 'Vida de Brinquedo'

31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

O livro Vida de Brinquedo conta a experiência de uma boneca que foi jogada fora por sua dona. No lixo, junto com outros brinquedos igualmente rejeitados, ela passa a questionar a vida, suas relações e sonhos.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Por meio de uma linguagem muito criativa, o autor, Júlio Emílio Braz, propõe uma reflexão sobre o que é de fato descartável hoje em dia. O livro conduz as crianças à consciência da reciclagem e do reaproveitamento de materiais, bem como sobre seus próprios valores.

Continua depois da publicidade


Além de ensinar sobre essa realidade, Vida de Brinquedo conduz as crianças a analisar que, assim como os brinquedos, as pessoas também não podem ser descartadas.


O livro faz um panorama sobre a rejeição e aborda determinadas atitudes do ser humano, que põem de lado pessoas desinteressantes e situações importunas com facilidade, sem observar que tudo tem um devido valor e merece respeito.


Julio Emílio Braz nasceu em Manhumirim-MG e começou a trabalhar com quinze anos de idade nas mais variadas áreas. Apesar de ter se formado em Contabilidade, sua paixão sempre foi escrever. Produziu inúmeras histórias em quadrinhos e escreveu diversos quadros para programas de televisão. Como autor de livros para o público infanto-juvenil, entre eles Saguairu, obteve o Prêmio Jabuti em 1989.

Continua depois da publicidade


Serviço

Título: Vida de Brinquedo
Autor: Júlio Emílio Braz
Coleção: Minhas histórias
Paginas: 34
Preço: R$15,00


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade