Pesquisar

Canais

Serviços

Chapit "nasce" sabendo cerca de 100 palavras, mas pode aprender até 10 mil, entre outras muitas habilidades - Yoshikazu Tsuno/AFP
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Luzes de emoção

Chapit, um robô capaz de acordar os mais preguiçosos

Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Chapit é o nome deste simpático robô, desenvolvido pela empresa japonesa Raytron e apresentado recentemente no Napia Nakanoshima housing project, no Japão.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Entre suas várias habilidades, é capaz de acender as luzes e ligar aparelhos eletrônicos (televisão, ar condicionado, som etc.).

Continua depois da publicidade


Para começar uma "conversa" basta lhe falar em tom de voz natural. Chapit vai responder de um jeito um tanto infantil, utilizando, a princípio, um vocabulário de cerca de 100 palavras. Contudo, é uma questão de tempo, pois o esperto robô tem capacidade para aprender até 10 mil palavras.


Chapit está sendo cotado para atuar como mediador entre a casa e quem nela habita, pois tem condições, entre outras coisas, de acordar os mais preguiçosos, atender e redirecionar chamadas, gerir a iluminação, sincronizar-se com o computador e funcionar como servidor, e ainda controlar todos os eletrodomésticos e equipamentos eletrônicos.


Não bastasse tudo isso, Chapit serve-se também de luzes e de movimentos corporais para transmitir emoções. De acordo com a empresa que o criou, se alguém estiver triste, ele também estará triste e fará de tudo para animar essa pessoa. Ele é capaz de pôr música, de diminuir a intensidade da luz ambiente ou de ligar a televisão e escolher o programa favorito da pessoa em questão.

Continua depois da publicidade

É bom saber também que será possível adquirir peças de roupa para o Chapit e vesti-lo com muito estilo. Mas, que pena, o Chapit ainda não está à venda. A Raytron espera lançá-lo nas lojas ainda este ano. O preço estimado deste "brinquedo" futurista deverá ser de 200 mil ienes, qualquer coisa como 1.280 euros ou cerca de 3 mil e 500 reais.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade