Pesquisar

Canais

Serviços

- Fábio Teódulo/Divulgação
Continua depois da publicidade
Delícia brasileira

Feijão tropeiro

Chef Taico
04 mai 2017 às 12:12
Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A fila é longa...
Desloca-se lentamente pela trilha de terra batida, ora pedra, ora areia.
Subindo, descendo, serpenteando por serras, morros e campinas.
Tropa formada por burros, mulas e cavalos, vem carregada. No lombo bem arrumada na tralha uma variedade de produtos que sustentavam o avanço das fronteiras do Brasil central.
Puxando a fila, o "Tropeiro".
Na casa da minha sogra sempre havia algum motivo para um bom almoço, mineiros da região de Alfenas em dias de festança a mineirice vinha à mesa.
Cozinheira de mão cheia, a Mary (apelido carinhoso de Maria) começava bem cedo os preparos. Os mais diversos ingredientes iam sendo descascados, lavados, cortados e principalmente, com muita calma refogados, cozidos, fritos e assados.
Eu chegava mais cedo e ia direto pra cozinha. A Mary me olhava meio de lado, franzindo a testa como se fosse ficar brava, mas deixava escapar um leve sorriso no canto da boca.
A exclamação de bom dia já se seguia uma levantação de tampas procurando um belisco. Já estava tudo por ali pré-preparado: linguiças, lombinho defumado, bacon, feijão cozido, couve picada, farinha de milho, cheiro verde. Tudo isto combinado com o cheiro de leitão no forno.
E no "grand finale" a gordura aquecida recebe os ingredientes, o encontro do feijão com as carnes e a farinha, dali para uma bela travessa, rodeados pela couve e enfeitados por torresmo, vai à mesa o feijão tropeiro.
Nas mãos da boa cozinheira próximo ao ano dois mil, a justa homenagem àquele que desbravando o Brasil fazia nas suas paradas este delicioso prato nacional.

Clique aqui para conferir a receita.


Compartilhar nas redes:

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade