27/09/20
°/°
PUBLICIDADE
Bem-estar animal

A coceira não deixa seu cão em paz? Fique atento a esse sinal de alerta

Reprodução/Pixabay
Reprodução/Pixabay


Embora muitos acreditem que o ato de coçar seja um comportamento normal do cão, quando isso se torna um hábito exagerado que causa, além de muita irritação ao animal, perda de pelo, vermelhidão, feridas e lesões, é hora de redobrar a atenção. É possível que seu cão esteja com problemas de pele e a coceira seja o mais evidente dos sintomas.


De acordo com pesquisa realizada pela Zoetis em 2016, com 400 veterinários em todo o Brasil, 63% responderam que casos relacionados à dermatologia correspondiam de 31% a 50% dos atendidos na clínica. Mais de 52% dos participantes também disseram que animais com prurido representavam de 31% a 50% dos cães assistidos.

E, entre profissionais dermatologistas, 62% responderam que essa reclamação está presente em 51% a 80% dos casos. "Esses dados mostram quão significativos são os problemas dermatológicos em cães e quanto isso pode afetar a qualidade de vida do animal e também a de seu tutor”, diz a médica-veterinária Juliane Basso, gerente de produtos de animais de companhia da Zoetis.

"Importante lembrar que a recomendação de um tratamento deve ser realizada sempre por um médico-veterinário, de acordo com o histórico e o diagnóstico de cada paciente, e que a escolha do método a ser utilizado deve ser feita em conjunto com o tutor do animal”, recomenda Alexandre Merlo, gerente técnico de animais de companhia da Zoetis

Muitos são os fatores que podem causar coceira – infecções, parasitas ou alergias. As alergias podem ser originadas por pulgas, comida ou alérgenos ambientais, como pólen, bolor ou ácaros de poeira. As mais comuns são a alergia a pulga, a alimentar e a dermatite atópica.

"É imprescindível que o tutor observe de perto o comportamento do animal. Por exemplo, se ele se mordisca, lambe-se com muita frequência ou esfrega-se excessivamente, além, é claro, das alterações na pele”, alerta Alexandre. "Um cão que se coça tem sua qualidade de vida muito afetada. Por isso, esse sintoma não deve nunca ser negligenciado pelo tutor”, reforça o especialista.

Para tratamentos curtos de dermatites alérgicas e controle da dermatite atópica, com alívio rápido e efetivo da coceira por 24 horas, a Zoetis recomenda Apoquel.

Mas se o seu cão recebeu o diagnóstico para dermatite atópica, a Zoetis conta também com outro grande aliado no tratamento da doença – Cytopoint.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Veja os vídeos!
Papagaio leva choque e é reanimado com massagem cardíaca no Metrô de SP
26 SET 2020 às 15h38
Caravana de Bambi
Elefanta indiana viaja mais de mil quilômetros até Santuário de Elefantes do Brasil
25 SET 2020 às 15h59
Fauna
Paraná vai ampliar atendimento a animais vindos de tráfico e maus-tratos
23 SET 2020 às 16h44
Perigo
Com a primavera, cuidado com os pets e as plantas tóxicas
23 SET 2020 às 10h21
Saiba mais
Quer saber o que há de novidade mundo pet? Confira
22 SET 2020 às 09h07
Pets
Cães são maioria em lares brasileiros, mas gatos ganham espaço
18 SET 2020 às 08h31
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados