08/05/21
PUBLICIDADE
Dia do Cão-Guia

Instituto reforça a necessidade de aumentar a entrega de cães guias

Pixabay
Pixabay


No dia do cão-guia, última quarta-feira do mês de abril, dia 28, o IRIS, Instituto de Responsabilidade e Inclusão Social referência no setor, comemora a data com o feito de mais de 40 cães-guias entregues para pessoas com deficiência visual no país. O instituto é responsável por treinar e doar cães-guias para cegos contemplados em seu programa de doação. O tema é de extrema importância para a sociedade, estima-se que existam cerca de 200 cães-guias em circulação no Brasil hoje.


De acordo com o último censo realizado no país (2010), 6,5 milhões de brasileiros apresentam deficiência visual severa, cerca de meio milhão de habitantes do Brasil são completamente cegos e 6 milhões têm grande dificuldade de enxergar. "Poder contribuir para aumentar a inclusão social dos cegos é muito gratificante porquê estamos ampliando o universo de atuação destes usuários em todos os aspectos, contribuindo muito para sua qualidade de vida”, afirmou José dos Santos Filho, presidente e cofundador do IRIS.

Desde seu nascimento até a entrega do cão-guia, o processo leva em média 18 meses para ser concluído e cada cão-guia custa ao IRIS aproximadamente 50 mil reais. "Hoje, como já temos a expertise do processo de treinamento e a experiência, conseguimos preparar um cão-guia por este custo, mas gostaríamos de ampliar estes números”, acrescentou o presidente. Atualmente, a lista de espera por um cão-guia no Instituto tem aproximadamente 3 mil nomes e todo o custo de treinamento é absorvido pelo IRIS.

Processo de treinamento de um Cão-guia

O processo começa com a seleção dos filhotes, priorizando aqueles cães que apresentam boa saúde, bom temperamento e espírito de liderança. A segunda etapa é a socialização, na qual os cães são recebidos por famílias voluntárias que conduzirão a educação inicial do cão. Na terceira etapa, o cão retorna para a escola e participa de um treinamento onde receberá treinamento especiais com profissionais com formação técnica. Após todo esse preparo, é realizado o vínculo entre cão e o usuário e, por fim, o processo de transferência, no qual o time de graduados (cão e usuário) passa a ser instruído nas áreas onde decorrerá a vida conjunta da dupla.

Outro fator de extrema relevância é a conscientização por parte da sociedade da importância do cão-guia para o usuário. "Infelizmente ainda temos que lidar com constrangimentos em alguns estabelecimentos comerciais que barram ou hostilizam a entrada de cães-guias, isso é vexatório para o usuário e muito triste para todos nós, por isso o IRIS luta por essa causa e continuará lutando”, enfatizou o presidente. O IRIS lembra que a lei 11.126/2005 garante o acesso de todo cão-guia, devidamente treinado e identificado, em qualquer local de uso público e continuará advogando pela valorização dos direitos humanos.
Redação Bonde com assessoria de imprensa
Continue lendo
Hora do passeio

Ferroviário aposentado constrói trenzinho para cães

07 MAI 2021 às 16h12
Entenda

Cavalo cai de telhado e assusta família em Presidente Prudente

06 MAI 2021 às 16h30
Lar temporário

Maringá lança programa PetLar Solidário e incentiva adoção responsável

06 MAI 2021 às 14h30
Faxina felina

Gato 'limpa' a casa e conquista a internet; veja o vídeo

05 MAI 2021 às 15h32
Denuncie

Sema adota formulário on-line para denúncias de maus tratos a animais

04 MAI 2021 às 16h15
Saiba mais

Cães-guia têm acesso garantido a qualquer ambiente; veja curiosidades

04 MAI 2021 às 14h30
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados