Pesquisar

Canais

Serviços

Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Melhor amigo

Confira cinco curiosidades sobre os cachorros

Lívia Marra - Folhapress
08 nov 2021 às 14:30
Continua depois da publicidade

Cães são nossos melhores amigos, mas, apesar dessa proximidade, sempre surgem dúvidas sobre alguns comportamentos.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Você sabe por que eles levantam a pata para fazer xixi? Por que sentem sempre cheiro a distância? Por que adoram os lambeijos? Luana Sartori, veterinária da Nutrire, esclarece algumas curiosidades sobre os animais de estimação.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


1. Olfato poderoso


O olfato é o primeiro sentido desenvolvido pelos cães. Por isso, os recém-nascidos encontram o leite materno antes mesmo de abrir os olhos.

Continua depois da publicidade


Além disso, eles podem percebem cheiros um milhão de vezes melhor do que os humanos. Não é à toa que muitos são treinados para atuar em buscas e até para detectar coronavírus.


"Sim, e esse olfato é tão poderoso que o seu pet pode captar odores que você nem de longe poderia imaginar (e sentir). Os cães são capazes de sentir o cheiro de um inseto que está a longas distâncias ou até uma gota de sangue em um grande compartimento com água", afirma.


Cães de focinho longo -como o pastor alemão- possuem 220 milhões de receptores olfativos, enquanto nós temos cerca de 5 milhões. "É muita diferença, não é mesmo? Além disso, eles são capazes de separar as funções das narinas e trabalhar as duas ao mesmo tempo", diz a veterinária. Ou seja, enquanto um lado do nariz identifica o cheiro, o outro se esforça para saber de onde ele veio.


2. Por que os cães levantam a pata para fazer xixi?


Esse comportamento é típico de machos -e também de algumas fêmeas- e está ligado unicamente à necessidade de marcar território. Geralmente, surge a partir dos seis meses.


"Aliás, cachorros machos preferem as superfícies verticais e se esforçam para alcançar o ponto mais alto. É possível observar também que esses animais urinam menos, mas mais vezes durante o passeio, justamente para marcar um maior número de locais."


A especialista diz que o passeio é o momento de o cão praticar exercícios e deixar "recados" a outros animais por meio da urina e, por isso, esse comportamento não deve ser reprimido.


3. Cães também suam


A temperatura corporal ideal para o cachorro é entre 38ºC e 39,2°C, e o suor é essencial para ajuda a eliminar o calor. No entanto, devido ao pelo, eles não suam muito através da pele.


"A principal forma para fazer com que o calor evapore é pelas almofadas das patas. A língua também é um órgão que pode ajudar a eliminar água e refrescar o organismo do animal."


4.  Chocolate pode ser fatal


Cães não podem comer doces. Além disso, o chocolate tem teobromina, substância que afeta o sistema nervoso central e o músculo cardíaco do animal. Dependendo do tamanho, mesmo uma pequena quantidade da guloseima pode colocar o pet em risco.


A uva também é alimento perigoso, tanto cães quanto gatos, porque pode causar insuficiência renal e hepática.


"O ideal é alimentar o cachorro com ração seca destinada ao tipo de cada um, levando em consideração peso, idade e a saúde do pet", diz a veterinária.


5. Cachorros adoram lambeijos


Aquela lambida no rosto é muito amor. A especialista lembra que lobos têm o costume de lamber a boca de outro animal como sinal de afeição e que fêmeas lambem os filhotes para mostrar que são queridos. Os pets também se declaram aos tutores. É como se dissessem "que bom que você chegou", quando o tutor volta para casa.

Continue lendo