05/04/20
32º/19ºLONDRINA
|
Cirurgia plástica

Cirurgias podem ajudar a combater o bullying entre crianças e adolescentes

Procedimentos simples realizados em crianças e adolescentes impede as brincadeiras maldosas e problemas sociais. Durante muito tempo as cirurgias plásticas foram consideradas de necessidade estética superficial ou corretiva, mas atualmente pode ser a maneira mais eficaz para acabar com o temido bullying nas escolas e universidades que jovens sofrem pela sua aparência.

Especialmente no ambiente escolar, o bullying é um impacto emocional que pode comprometer o desempenho do aluno e prejudicar a convivência social, justamente na época em que se está criando a personalidade. Nessas situações, os pais podem consultar um médico cirurgião plástico para avaliar o que pode ser feito através da correção estética.


Reprodução
Reprodução


Segundo Victor Cutait, cirurgião plástico, às vezes um procedimento estético pode ser uma excelente maneira de aumentar a autoestima das crianças. "O resultado pode ser bem sutil, mas ao mesmo tempo, promover uma mudança estética que evita brincadeiras por parte das outras pessoas e dos colegas", diz.

"São bastante comuns cirurgias como a rinoplastia e otoplastia. A rinoplastia corrige o tamanho e o formato do nariz; e a otoplastia serve para corrigir as chamadas orelhas de abano", explica. Antes procuradas mais por adultos e adolescentes, cada vez mais pais procuram clínicas para realizar a cirurgia nas crianças. A otoplastia, por exemplo, pode ser feita a partir dos 4 anos, com anestesia local e pequena incisão na parte posterior da orelha.

Adolescentes

Entre os procedimentos mais realizados em adolescentes do sexo feminino – também para evitar o bullying no ambiente social – está a mamoplastia redutora, ou seja, a redução das mamas. Para Victor Cutait, as adolescentes devem pesar o quão necessário é a operação. "O incômodo do tamanho dos seios pode ser passageiro. Enquanto aos 16 anos, a garota, por causa da escola, pode encarar como problema, aos 25, já adulta, ela se sentir confortável com o tamanho dos seios e não querer realizar a cirurgia." O ideal, como em todas as plásticas, é conversar bastante com os pais e com o profissional.
Redação Bonde / Assessoria de Imprensa
Continue lendo
Ministério da Saúde
Brasil registra 73 novas mortes por coronavírus; total de 432
04/04/2020 23:13
Boletim
Londrina tem 38 casos confirmados do novo coronavírus
04/04/2020 19:23
Neste sábado
Campo Mourão registra segunda morte por coronavírus
04/04/2020 18:46
Neste sábado
Morador de Quatiguá morre no HU de Londrina com coronavírus
04/04/2020 16:04
Sete mortes no estado
Paraná tem quase 100 casos confirmados de Covid-19 em 24h; 401 no total
04/04/2020 15:49
Veja mais e a capa do canal