22/09/20
°/°
Alerta!

Diabetes é responsável por 85% das amputações de membros inferiores

Os números referentes ao diabetes são assustadores e as projeções também. O estilo de vida atual, com alto índice de sedentarismo, tabagismo, consumo excessivo de bebidas alcoólicas, má alimentação e poluição do ar, é fator de risco que impulsiona o crescimento da incidência das doenças crônicas. A obesidade, principalmente, está entre as principais causas do diabetes, segundo a SBD (Sociedade Brasileira de Diabetes) e a OMS (Organização Mundial da Saúde).

Marcelo Camargo/Agência Brasil
Marcelo Camargo/Agência <a href='/tags/brasil/' rel='noreferrer' target='_blank'>Brasil</a>


A diabetes é uma doença caracterizada pela elevação da glicose no sangue (hiperglicemia), o que afeta a capacidade de cicatrização de feridas no corpo. Em artigo publicado no International Wound Journal, dados apontam que até 2025, mais de 125 milhões de pessoas vão desenvolver úlceras diabéticas e mais de 20 milhões serão submetidos a uma amputação em todo o mundo.

E isso acontece em decorrência da doença arterial periférica, típica da diabete e que ocasiona o chamado pé diabético. Ou seja, há uma predisposição a desenvolver úlceras e infecções, o que pode levar à amputação. O diabetes mellitus afeta 30% das pessoas acima de 40 anos de idade.

"Mesmo sendo relativamente fácil prevenir uma amputação em decorrência da diabetes, o número de pessoas que sofre amputações ainda é assustador. Nas nossas clínicas em Curitiba, Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro, a doença é causa da maioria das amputações não traumáticas”, conta Emerson Bovo, supervisor técnico da Ottobock Brasil, líder mundial no mercado de próteses e órteses de alta performance, e que oferece tratamento e reabilitação referência internacional em suas clínicas.

Tecnologia garante reabilitação a amputados - Segundo a pesquisadora Isabel Cristina Vieira Ramos Santos, a amputação de membro inferior é duas vezes mais comum em pessoas diabéticas do que em pessoas sem a doença. Isso significa cerca de 70% das amputações não traumáticas de membros inferiores, sendo 85% após o surgimento de úlceras, as quais atingem 25% dos diabéticos. O processo de reabilitação no período pós-amputação deve ser cauteloso, no caso da pessoa com diabetes, deve ter cuidados especiais.

"Logo na escolha da prótese, deve-se ter uma atenção especial ao paciente que sofreu uma amputação por diabetes, pois o contato contínuo do equipamento com o coto não pode causar mais danos. A Ottobock possui o Sistema Harmony de próteses para amputações de membros inferiores, desenvolvido a partir dessa necessidade especial da pessoa com diabetes. Seu sistema de vácuo gera uma pressão que favorece a melhora do fluxo sanguínea no coto. Com isso o paciente tem uma melhora progressiva da saúde não apenas do coto, mas do membro afetado de uma forma geral”, explica Rodolfo Bostelmann, fisioterapeuta especializado em traumatologia da Clínica Ottobock.

Não é simples. O processo de reabilitação para a vítima da amputação é psicológico e físico. "O primeiro passo é fazer com que a pessoa consiga se enxergar usando uma prótese e fazendo as mesmas atividades que fazia antes. A maioria tem uma visão muito imediatista da situação, o que acaba dificultando o processo de adaptação”, finaliza Bostelman, que também teve um membro amputado.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
Continue lendo
Coeficiente de mortalidade
Mortalidade pelo novo coronavírus em Arapongas é quase o dobro de Londrina
22 SET 2020 às 20h54
Vale do Ivaí
Apucarana registra primeiro óbito por dengue do novo período epidemiológico
22 SET 2020 às 20h45
Boletim da pandemia
Londrina tem mais três mortes e 291 casos de Covid-19 confirmados
22 SET 2020 às 19h31
Boletim diário
Paraná divulga 2.165 confirmações e 39 mortes pela Covid-19
22 SET 2020 às 17h54
Boletim da pandemia
Maringá registra três novas mortes pela Covid-19 e 116 casos confirmados
22 SET 2020 às 16h28
Saiba mais
Cirurgia bariátrica pode afetar qualidade dos espermatozoides, diz estudo
22 SET 2020 às 10h45
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados