21/11/19
34º/21ºLONDRINA
Atenção!

Entenda como os ácaros podem causar doenças respiratórias

Os ácaros são animais minúsculos que se alimentam, na maioria das vezes, de células mortas de pele humana e de animais, como cães, gatos, furões, aves, etc.

Reprodução/Pixabay
Reprodução/Pixabay


Seu excremento e o próprio corpo morto (esqueleto) pode ser elemento desencadeante de processos alérgicos. Geralmente, em suspensão e dispersos pelo ar, esses animais fazem parte da poeira domiciliar. Por si só, apresentam alto grau de nocividade ao ser humano e mesmo aos espécimes animais.

Juntamente com outros elementos e microrganismos, os ácaros compõem um exército do mal. Eles deflagram não só processos alérgicos, como podem também inferir afecções ao sistema respiratório. Em outras palavras, além das alergias, esses animais podem acabar levando a processos infecciosos - que podem ser graves.

Onde os ácaros podem ser encontrados? - Os ácaros podem ser encontrados, principalmente, nos colchões, nos tapetes, nos travesseiros, nas roupas de cama, em toalhas, em ursos de pelúcia, nas almofadas e nos sofás. Entretanto, a lista é grande. Por isso, é necessário o processo de limpeza e higienização, independente de qual seja o ambiente.

Deve-se considerar principalmente o ambiente doméstico, uma vez que podem estar ali tanto crianças quanto idosos, que são as populações mais vulneráveis à ação dos ácaros. Na verdade, ninguém está livre.

Não só o pó, mas toda e qualquer partícula dispersa pelo ar deve ser motivo de preocupação e zelo quando o assunto é ácaro. Essencial à vida do ácaro, a umidade alta, acima de 60%, favorece sua proliferação. Completando a sua saga, uma temperatura acima de 20°C também o estimula.

Tipos mais comuns - Existem inúmeros tipos de ácaros, mas alguns podem ser citados como os mais comuns nos ambientes, especialmente os domésticos:

• Ácaro siro e Tyrophagus putrescentiae: está presente em produtos armazenados, como cereais, legumes, sementes, rações, etc. Causa alergia e, para isso, basta ter contato ou inalar.

• Blomia Tropicalis "Oshima”: é comum no pó de casa. Característico de regiões tropicais ou subtropicais . Responsável por rinites, asma, bronquite e até dermatite atópica.

• Glycyphagus domesticus: vive em armazéns de grãos e de alimentos.

• Dermatophagoides farinae, pteronyssinus, euroglyphus maynei e lepidoglyphus destructo: é comum dentro de nossas casas, nos carpetes, tapetes, colchões e travesseiros. É um dos principais causadores de asma e dermatites.

• Sarcopets scabiei: é o ácaro da sarna, responsável pela transmissão da doença.

• Demodex folliculorum e demodex brevis: ácaro que reside próximo de folículos de mamíferos. É responsável por causar doenças de pele.

• Cnemidocoptes ssp, dermanyssus, sternostoma: são parasitas que podem afetar os pássaros. Canários e periquitos domésticos são os que mais sofrem com as enfermidades.

Doenças causadas por ácaros - Dispersos por todas as localidades, os ácaros são causadores de doenças como rinite, asma alérgica, dermatite atópica, conjuntivite, blefarite e escabiose. Não é de todo impossível conviver com ácaros, todavia há um limite, principalmente tratando-se de pessoa alérgica.

Os excrementos dos ácaros ficam em suspensão no ar e, quando inalados, entram em contato com o sistema humano de defesa, que libera uma substância chamada de histamina. Ela desencadeia todos os sintomas de alergia, como coceira, espirros e até fechamento dos brônquios. De forma literal, todas as doenças respiratórias em algum momento tem algum ponto convergente.

A rinite alérgica, por exemplo, nada mais é que um sinal do organismo de que as "coisas não vão bem”. Seja qual for a circunstância, o médico é sempre o profissional mais indicado para esclarecer dúvidas e aplicar conhecimento científico. Rinite, em geral, atinge as mucosas que revestem as cavidades do crânio. Se inflamada, a mucosa incha, o nariz entope e produz coriza, afora espirros e outros desconfortos.

Já a asma atinge os brônquios, que, contraídos, dificultam a passagem do ar no seu tratamento. Usam-se broncodilatadores (que podem ser na forma de bombinhas) e anti-inflamatórios. O problema com relação à asma é que ela pode ser traiçoeira e levar ao óbito, como se viu há bem pouco tempo, no caso da Fernanda Young. Desta forma, requer um cuidado maior em todos os sentidos, desde a prevenção até a fase de ingestão de medicamentos, sempre com a assistência de um profissional de saúde.

Bronquite, como diz o nome, refere-se aos brônquios, tubos que conduzem o ar da traqueia até os alvéolos. Ficam normalmente contraídos e com muita secreção.

Também tem a sinusite, que atinge os seios da face (cavidades ao redor do nariz, maçãs do rosto e olhos). Quando inflamadas, essas cavidades acumulam secreções, entopem e dão dor de cabeça, febre e coriza espessa, dentre outros. Descongestionantes e anti inflamatórios são indicados. E, nos casos mais graves, antibióticos são necessários, mas o melhor sempre é consultar o médico.

Como eliminar os ácaros? - Produtos como o Desidrat, da Thermomatic, são eficazes no combate a esses animais. Para aplicar esse ou outros produtos, é aconselhável procurar um profissional especializado.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
comentários
Continue lendo
Desenvolvimento

Saiba o que são Dores de Crescimento em crianças

Atenção

Saúde confirma mortes de macacos por febre amarela

Veja mais e a capa do canal