Pesquisar

Canais

Serviços

Vivian Honorato/N.Com
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Reflexos

Menos de 2% dos com esquema vacinal completo contraíram Covid em Londrina

Pedro Marconi/Grupo FOLHA
27 out 2021 às 09:29
Continua depois da publicidade

Estudo realizado pela equipe técnica da secretaria municipal de Saúde, em parceria com especialistas de estatística da UEL (Universidade Estadual de Londrina), apontou que a vacinação contra a Covid-19 tem mostrado eficácia em Londrina, repercutindo nos dados gerais relacionados à pandemia. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Dos 256.225 moradores que receberam as duas doses ou a dose única entre fevereiro e setembro, apenas 1,68% foi diagnosticado com a doença após 14 dias da aplicação, o que representa 4.305 pessoas. 

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Levando em conta os óbitos por Covid neste público com o esquema vacinal completo - com Coronavac, Pfizer, AstraZeneca ou Janssen -, o número é ainda menor. Somente 0,095% morreu em decorrência da Covid, ou seja, 244 londrinenses. 


De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), nenhum imunizante é 100% efetivo para prevenir a infecção pelo vírus, no entanto, as vacinas funcionam e são fundamentais para controlar a pandemia. Sempre haverá uma pequena proporção de pessoas com a vacinação completa que ficará doente. 


Continue lendo na Folha de Londrina.

Continue lendo