30/09/20
Pandemia

Brasil registra 1.322 mortes pela Covid-19 e já tem mais de 97 mil óbitos

AEN-PR
AEN-PR


O Brasil registrou 1.322 novas mortes pela Covid-19 e 54.685 casos da doença, nesta quarta (5). Com isso, o país já tem 97.418 óbitos e 2.862.761 infecções pelo Sars-CoV-2.


Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais. O balanço é fechado diariamente às 20h.

Além dos dados diários do consórcio, o jornal Folha de S.Paulo também divulga a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 1.033, o que mantém uma posição de estabilidade nos dados, embora com números elevados.

O Brasil tem uma taxa de cerca de 46,5 óbitos por 100 mil habitantes. Os Estados Unidos, que têm o maior número absoluto de mortes, e o Reino Unido, ambos à frente do Brasil na pandemia (ou seja, começaram a sofrer com o problema antes), têm 48,3 e 69,7 mortes para cada 100 mil habitantes, respectivamente.

O México, que recentemente ultrapassou o Reino Unido em número de óbitos, tem 38,7 mortes para cada 100 mil habitantes.
Na Argentina, onde a pandemia desembarcou nove dias mais tarde que no Brasil e que seguiu uma quarentena muito mais rígida, o índice é de 9 mortes por 100 mil habitantes.

O Ministério da Saúde afirmou nesta quarta-feira (50 que o país registrou nas últimas 24 horas 57.152 novos casos de contaminação pelo novo coronavírus e 1.437 mortes confirmadas em decorrência da Covid-19. Desde o início da pandemia, o total de óbitos chega a 97.256 e de contaminados a 2.859.073.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.
Folhapress
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Boletim da Sesa
Paraná ultrapassa 175 mil casos de Covid-19; 4.378 mortes
29 SET 2020 às 18h36
Boletim
Londrina confirma mais 105 casos e dois novos óbitos por Covid-19
29 SET 2020 às 18h10
Boletim da pandemia
Maringá registra duas novas mortes por Covid-19 e 92 casos
29 SET 2020 às 16h56
29 de setembro
Dia Mundial do Coração reforça importância da prevenção
29 SET 2020 às 09h38
Entenda
Ministério da Saúde agora quer 'dia D' com 'aula virtual' a médicos sobre cloroquina
29 SET 2020 às 09h33
Preocupante
Mundo chega a 1.000.000 de mortes pelo coronavírus
29 SET 2020 às 09h09
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados