Pesquisar

Canais

Serviços

Componente do chá ver­de tem a ca­pa­ci­da­de de blo­quear uma pro­teí­na do sê­men que ten­de a ser­vir de ve­tor e pro­pagador do vírus da Aids - Arquivo/Folha de Londrina
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Impede a transmissão

Componente de chá é promissor contra a Aids

Folha de Londrina
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Um componente do chá verde poderia revelar-se eficaz contra o contágio da Aids durante as relações sexuais, diz um estudo alemão publicado nesta terça-feira (19) na edição digital de Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Esta investigação da Universidade de Heidelberg e do Instituto de Virologia experimental de Hamburgo demonstrou que o galato de Epigalocatequina (EGCG), um polifenol ou tanino vegetal do chá verde, tem a capacidade de bloquear uma proteína do sêmen que tende a servir de vetor e propagador do vírus da Aids.

Continua depois da publicidade


‘Uma fração de péptido presente no esperma humano reforça de maneira constante uma infecção pelo VIH. Fibrilas, também chamadas propagadoras do vírus (SEVI, Semen-derived enhancer of virus infection), (...) captam os elementos virais e os enlaçam à sua célula objetivo, propagando a difusão do vírus’, explicam os cientistas do Heinrich-Pette-Institute de Hamburgo.


‘Por esses motivos supusemos que a inclusão de um inibidor de SEVI como microbicida poderia melhorar a prevenção da transmissão da Aids através de relações sexuais’, explicam os cientistas.


Comprovaram que a aplicação local, nas mulheres, de uma solução com baixa dose de polifenol de chá verde (EGCG), pode ‘aniquilar eficazmente as propriedades de desenvolvimento da infecção’.

Continua depois da publicidade

A grande maioria dos 33 milhões de soropositivos do mundo foram infectados pelo VIH através de relações heterossexuais e 96% das contaminações recentes ocorrem nos países pobres, pelo que os cientistas estimam que a descoberta das propriedades inibidoras do chá verde é ‘promissora’.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade