31/05/20
25º/10ºLONDRINA
PUBLICIDADE
|
Entenda

Droga antiviral tem ação significativa contra coronavírus in vitro e em camundongos

Um antiviral se mostrou promissor contra o Sars-CoV-2 em estudo in vitro e contra coronavírus em camundongos. A droga produziu melhora da função pulmonar e diminuição das cargas virais nos animais observados, segundo estudo publicado nesta segunda (6) na revista Science Translational Medicine.

Reprodução/Pixabay
Reprodução/Pixabay


Os pesquisadores, inicialmente, usaram a droga em células epiteliais pulmonares infectadas com Mers (que também é um coronavírus). Notaram, na aplicação, um potente efeito antiviral. Na mesma linha e com resultados também positivos, a droga foi testada em células dos rins de um macaco-verde africano infectadas pelo novo coronavírus.

Depois foi a vez dos testes em células epiteliais pulmonares humanas contaminadas. Mais uma vez, a droga se mostrou eficaz contra Sars-CoV-2 e outros coronavírus, como Mers, e não tóxica.

Finalmente, o estudo chegou aos modelos animais, com duas abordagens diferentes. A primeira analisaria o potencial protetor, ou preventivo, do medicamento. A outra, de combate ao vírus após a infecção.

Os cientistas administraram oralmente o EIDD-2801 (nome que a droga recebeu) em camundongos duas horas antes de os infectarem com uma variante do Sars-CoV. Após isso, continuaram a dar a droga aos animais a cada 12 horas.

Os resultados apontaram, sob uma dosagem de 500 mg/kg, uma diminuição da carga viral e menor hemorragia nos pulmões, o que consequentemente indica uma robusta ação antiviral e de prevenção de Sars-CoV.

Considerando o que foi visto, os cientistas usaram a mesma dosagens em testes terapêuticos, visando o tratamento da doença.

Novamente com roedores, os pesquisadores iniciaram o tratamento com a droga 12h, 24h ou 48h depois da infecção, administrando novamente a substância a cada 12 horas.

Os dados obtidos mostraram que os tratamentos iniciados 12h e 24h depois da infecção apresentam significativo resultado ao impedir perdas de massa corporal nos animais, quando comparado ao grupo de controle (no caso das 48 horas, a diferença entre os grupos era menor).

A hemorragia nos pulmões seguiu o mesmo caminho e foi significativamente reduzida com o tratamento em até 24h.
O funcionamento dos pulmões também apresentou melhora quando a droga era administrada até 12h após a infecção (para 24h havia melhoras esporádicas).

"A terapia com EIDD-2801 foi potencialmente antiviral contra o Sars-CoV em organismos vivos, mas o grau de benefício clínico depende do tempo de início do tratamento após a contaminação", dizem os autores.

Os cientistas também afirmam que a questão temporal para os ratos é mais compacta, o que para humanos pode representar uma maior janela de oportunidades para a administração da medicação.

Um dos pontos fracos do trabalho é que não foi possível dispor de modelos robustos com camundongos infectados pelo Sars-CoV-2. Isso ocorreu por não haver compatibilidade do receptor ACE-2 desses bichos com as proteínas dos vírus que usam esse encaixe para invadir células.

"As informações apresentadas apontam que o EIDD-2801 deve ser rapidamente testado em modelos primatas", dizem os pesquisadores. "Nossos dados mostram que a continuidade no desenvolvimento do EIDD-2801 como um potente antiviral de amplo espectro que pode ser usado no tratamento do coronavírus contemporâneo e possíveis outros coronavírus futuros", afirmam os pesquisadores.
Phillippe Watanabe - Folhapress
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Conteúdo relacionado:
Boa notícia!
No Paraná, 121 pacientes já se recuperaram da Covid-19
Isolamento
Brasil não está pronto para escalada de casos nas grandes cidades, diz Mandetta
Saiba mais
Ministério da Saúde define novas orientações sobre distanciamento social
Continue lendo
Saiba mais
Maringá registra dois óbitos por Covid-19; total chega a 8
30/05/2020 18:01
Boletim da saúde
Com mais dois óbitos, Londrina chega a 24 mortes pelo novo coronavírus
30/05/2020 17:36
Boletim estadual
Com mais oito óbitos, Paraná chega a 181 mortes pela Covid-19
30/05/2020 17:17
Alerta!
Sociedade de Pediatria desaconselha cloroquina em crianças e adolescentes com Covid-19
30/05/2020 10:49
Mais de 27 mil mortes
Brasil supera Espanha e se torna o 5º país com mais mortes por coronavírus
29/05/2020 20:00
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados