Pesquisar

Canais

Serviços

- Vivian Honorato/N.Com
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Imunização

Londrina: 300 mil já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid

Redação Bonde com N.Com
03 ago 2021 às 18:40
Continua depois da publicidade

Londrina registrou, na tarde desta terça-feira (3), 300 mil pessoas vacinadas contra o coronavírus. O número equivale a primeiras doses e doses únicas, que estão sendo aplicadas desde 19 de janeiro, quando a campanha iniciou na cidade. A marca foi comemorada por toda equipe do Centro de Imunização da Zona Norte, uma das seis salas exclusivas para vacinação Covid-19 no município.

Continua depois da publicidade


Muito surpreso com a recepção acalorada, o empresário André Resende Leite, de 38 anos, foi o 300.000° londrinense a receber a vacina. Em seguida, ainda emocionado, disse se sentir mais seguro e confiante, graças à vacinação. "Em casa, nós todos tivemos Covid-19 na virada do ano. É uma doença traiçoeira; graças a Deus conseguimos passar sem perder ninguém da família, mas é um alívio poder vacinar, se sentir protegido e proteger o próximo. Todo mundo tem que fazer sua parte, por nós e pelo outro. O vírus pode usar o nosso corpo para contaminar outra pessoa que pode vir a ter complicações graves. Então quem não quer se vacinar ou ainda tem medo, venha e vacine sim”, aconselhou.

Continua depois da publicidade


Até o último domingo (1°), quando foi entregue o último lote, o município recebeu pouco mais de 462 mil doses dos imunizantes contra Covid-19. Nesse montante, estão incluídas as vacinas destinadas para primeiras e segundas doses e também as de dose única.


A primeira entrega ocorreu em 19 de janeiro, inaugurando a campanha para os grupos prioritários. No final de abril, Londrina registrou os 100 mil vacinados com primeira dose. Outros cem mil foram vacinados até 23 de junho. Agora, a cidade celebra que 300 mil pessoas já receberam a primeira dose e a dose única.

Continua depois da publicidade


O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, esteve presente na aplicação da vacina e ressaltou que as melhorias no envio de vacinas viabilizaram que cada vez mais pessoas fossem atendidas em um período de tempo menor. "Isso demonstra que, se tivermos acesso às vacinas, a Prefeitura de Londrina tem celeridade, agilidade e capacidade para proteger toda sua população. Nossa expectativa é que, muito em breve, a gente comemore 400 mil e 500 mil londrinenses vacinados, saindo desse sofrimento que a pandemia impôs em quase 18 meses”, frisou.


Em média, Londrina está vacinando cerca de quatro mil pessoas por dia. Além do Centro de Imunização da Zona Norte, que fica no prédio do CCI Norte (Rua Luís Brugin esquina com a Avenida Saul Elkind), a Prefeitura de Londrina disponibiliza cinco Unidades Básicas de Saúde para aplicação da vacina contra Covid-19: Eldorado, Alvorada, Jardim do Sol, Vila Casoni e Ouro Branco.


Com uma população total estimada em cerca de 600 mil habitantes, o secretário municipal de Saúde ressaltou que atingir a marca de 300 mil pessoas vacinadas é algo histórico. "Com muita organização e muito planejamento, além de muita dedicação dos nossos profissionais de saúde, nós vamos atingir esse feito. Isso mostra que a cidade se organizou da maneira adequada, trazendo agilidade e celeridade sem se esquecer da organização, para não ter aglomeração nem filas, o que é muito importante nesse contexto de pandemia”, detalhou.


Atualmente, estão sendo atendidos no município todas as pessoas acima de 18 anos que integram os grupos prioritários previstos no Plano Nacional de Imunização (PNI) contra Covid-19, como profissionais e trabalhadores de saúde, forças de segurança e salvamento, pessoas com comorbidades, professores e trabalhadores da Educação e Assistência Social, trabalhadores do transporte coletivo e rodoviário, dentre outros. Na população em geral, a vacinação está sendo feita para pessoas com 33 anos de idade ou mais.


Todos os usuários são atendidos com agendamento prévio, feito exclusivamente on-line no Portal da Prefeitura. O site também é utilizado para o cadastramento, que está liberado para a população em geral com idade de 25 anos ou mais.


Quem não possui acesso à internet, pode fazer o cadastro prévio ou agendar a vacinação em uma das unidades escolares da rede municipal. E em caso de dúvidas quanto aos procedimentos, a Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza, para contato, o telefone (43) 3372-9825, que atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

A população também pode enviar um e-mail para [email protected]; ou mensagem privada nas redes sociais Instagram (@saudelondrinaoficial) e Facebook da SMS.


Continue lendo