Pesquisar

Canais

Serviços

- Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Atenção aos criadouros

Londrina apresenta 13 novos casos de dengue em informe semanal

AEN
21 set 2021 às 15:25
Continua depois da publicidade
O boletim semanal da dengue publicado nesta terça-feira (21) pela Secretaria de Estado da Saúde registra 133 casos confirmados. São 56 casos a mais que o informe anterior, que apresentava 77 confirmações.
Os dados são do 5º Informe Epidemiológico da dengue, do novo período sazonal da doença, que iniciou no dia 1º de agosto e deve seguir até julho de 2022.


O boletim semanal da dengue, divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde nesta terça-feira (21), registra 133 novas confirmações no Paraná. São 56 casos a mais que o informe anterior, que apresentava 77 confirmações.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Os novos casos confirmados foram registrados em Foz do Iguaçu (27), Londrina (13), Maringá (4), Querência do Norte (2), Cambará (1), Sertanópolis (1), Rolândia (1), Lupionópolis (1), Paranacity (1), Santa Cruz Monte Castelo (1), Umuarama (1), Guaraniaçu (1) e Sengés (1).

Continua depois da publicidade


Há ainda, 1.476 casos em investigação e 180 municípios registraram notificações de dengue, que passaram de 2.652 para 3.356. O Estado não registrou nenhum óbito neste período.

Segundo o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto, “a dengue continua sendo uma preocupação da Sesa, que segue dando apoio técnico às 22 Regionais de Saúde e às equipes de Vigilância Ambiental dos municípios paranaenses. O cuidado e ajuda da população também são fundamentais para que os números não saiam do controle”, afirmou.

Continua depois da publicidade

Criadouros – Segundo levantamento entomológico publicado pela Sesa, a maior porcentagem de criadouros está em locais passíveis de remoção, como lixo com garrafas e latas descartadas sem as tampas; sucatas e entulhos de construção. Vasos de plantas com prato, os recipientes de degelo dos refrigeradores, pequenas fontes ornamentais e bebedouros estão entre os principais criadouros do mosquito da dengue.

Continue lendo