Pesquisar

Canais

Serviços

Fiocruz
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Imunização do Paraná

Londrina recebe mais 38 mil doses da vacina contra o coronavírus

AEN
04 out 2021 às 14:25
Continua depois da publicidade

A manhã desta segunda-feira (4) iniciou com a distribuição de 390.880 doses da vacina contra o coronavírus nas 22 regionais de saúde do Paraná. Ao total, são 194.250 vacinas para segunda dose (D2), 19.960 para primeira aplicação (D1) na população acima de 18 anos e 176.670 para dose reforço (DR) em idosos a partir de 60 anos e trabalhadores da saúde.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


As doses destinadas para D2 tratam-se da AstraZeneca/Fiocruz e referem-se ao complemento do esquema vacinal da 30ª e 31 remessas. Os imunizantes para D1 do remanescente da população adulta que ainda não se vacinou são da CoronaVac/Butantan.

Continua depois da publicidade


Já as DR, conforme orientação do Ministério da Saúde, serão da farmacêutica norte-americana Pfizer/BioNTech, divididos em 146.250 para trabalhadores da saúde e 30.420 para idosos acima de 60 anos. As doses para reforço são destinadas às pessoas que tenham tomado a D2 ou dose única (DU) até 31 de março.


Este é o primeiro lote do Ministério da Saúde para DR nestes públicos. Anteriormente, somente imunossuprimidos e idosos acima de 70 anos haviam sido contemplados. A estimativa, segundo o Plano Estadual de Saúde, é que mais de 1,7 milhão de pessoas tenham mais de 60 anos no Paraná e pelo menos 381.426 trabalhadores de saúde residam no Estado.

Continua depois da publicidade


Londrina


Na remessa desta segunda-feira, o regional de saúde de Londrina recebeu 38.776 doses da vacina, das quais 15.670 são da AstraZeneca exclusivas para D2, outras 18.696 da Pfizer são destinadas a dose reforço, enquanto as 4.410 restantes da CoronaVac serão utilizadas na D1.


MEDICAMENTOS 


A Sesa também está descentralizando para todas as Regionais, mais 60.900 medicamentos elencados no chamado “kit de intubação” para atendimento à pacientes diagnosticados com a Covid-19, e que estejam internados em leitos exclusivos para a doença no Paraná ou em serviços de saúde do Estado. Destes, 50 mil são de compra própria da secretaria e o restante de doações de instituições parceiras. Somente neste envio, estima-se um investimento de R$ 1,2 milhão em insumos.


Novas doses


Além da distribuição, Beto Preto também anunciou a chegada de um novo lote de vacinas ao Paraná. Segundo ele, 344.210 doses desembarcam no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, nesta terça-feira (5). São 182.750 vacinas da AstraZeneca para D2 da 31ª e 35ª pauta e 161.460 Pfizer/BioNTech, sendo 141.570 para D2 da 36ª pauta e 19.890 para DR de trabalhadores da saúde que tenham completado o esquema vacinal até 15 de abril.


Vacinação


De acordo com os dados do Vacinômetro nacional, o Paraná já aplicou 13.651.799 vacinas, sendo 8.174.721 D1, 323.582 DU e 5.096.945 D2. Entre D1 e DU, o Estado já atingiu 97,46% da população adulta estimada em 8.720.953 pessoas, com pelo menos uma dose. Dentre as D2 e DU, 62,16% deste público está completamente imunizado. Além disso, 43.090 vacinas foram aplicadas como DR e 13.638 como doses adicionais (DA).


Para o secretário, o índice de cobertura representa a etapa final da vacinação na população adulta. “Considerando que cerca de 3% da população ainda se recusa a tomar a vacina, estes 97% representam o nosso 100%. Nunca houve uma adesão tão grande da população por um imunizante”, afirmou.


Ele reforçou que algumas cidades mantêm aberta a vacinação para pessoas acima de 18 anos. “Alguns municípios ainda estão fazendo repescagens, e eu insisto, quem ainda não se vacinou, procure pela vacina, não deixe para depois, pois quem não se vacinar terá uma chance muito maior de contrair a doença e evoluir para a forma mais grave”.

Continue lendo