Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Saiba mais

Açúcar provoca mesma dependência que as drogas

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
28 nov 2017 às 14:29
Continua depois da publicidade

A vontade constante de consumir doce tem uma explicação: o açúcar realmente vicia. A substância, assim como as drogas, tem a capacidade de desenvolver dependência nas pessoas. A endocrinologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Sandra Mara Villares, explica que isso acontece porque uma parte do cérebro é acionada.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A sensação extremamente prazerosa ao consumir doces é percebida não somente pelas papilas gustativas presentes principalmente na língua e também em algumas partes do nariz, mas também pelo cérebro.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Segundo a médica, há áreas no hipotálamo (região encefálica que controla a temperatura corporal, fome e sede, entre outras funções), que são estimuladas quando é feita a ingestão de açúcar, provocando a vontade de consumir novamente.


Assim como as drogas, o açúcar vira vício e funciona como uma espécie de válvula de escape para situações de estresse e tristeza. Sandra Mara Villares comenta que nesses momentos a pessoa vai procurar ingerir açúcar para se sentir melhor.


O que muita gente não sabe é que esse prazer momentâneo pode acarretar problemas futuros sérios. O consumo em excesso do açúcar é ponto inicial para o desenvolvimento de doenças em diferentes partes do corpo.

Continua depois da publicidade


De acordo com a endocrinologista, o excesso do produto pode ser transformado em gordura no fígado e parte deslocar-se para a circulação sanguínea. Neste caminho, a gordura é armazenada em diferentes locais não usuais, como os músculos, impedindo a entrada de açúcar e acarretando índices de glicose mais elevados.

Em resposta a essa alteração, o pâncreas libera mais insulina, com o intuito de diminuir os níveis glicêmicos. Sandra Mara Villares alerta que o excesso de gordura desenvolve uma resistência ao hormônio e, com mais açúcar no sangue, as consequências podem ser sentidas em todo corpo, como coração e vasos, levando a síndrome metabólica e podendo desenvolver o diabetes.


Continue lendo