03/04/20
32º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
|
Saiba mais!

Alguns mitos e verdades sobre alergia

Independente da época do ano, a alergia é um problema que já afeta cerca de 30% da população brasileira, segundo estudos da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai). Já outra informação da Organização Mundial da Alergia mostra que 40% da população mundial têm alguma alergia. A organização ainda estima que o número de asmáticos no mundo chegue a 400 milhões de pessoas até 2025.

"A alergia não tem cura, mas com algumas informações e dicas conseguimos controlar e viver tranquilamente", menciona o Diretor de Comunicação da Sterilair, Felipe Prado. Algumas dúvidas ainda cercam o que afeta as pessoas alérgicas e o que pode causar alergia. O especialista separou alguns mitos e verdades sobre alergia e crises alérgicas.


Verdade: O ar poluído das cidades e as mudanças climáticas contribuem para o problema. Alergia é incurável, mas é controlável. Tratamentos à base de cloreto de sódio, água purificada e cloridrato de fexofenadina controlam a irritação.

As bombinhas para asma possuem broncodilatadores que relaxam os músculos e melhoram a passagem do ar, por isso, não fazem mal ao coração, como algumas pessoas acreditam. Mulheres grávidas podem usar remédios para asma ou rinite. Com indicação médica, a gestante pode ingerir medicamentos.

O ar-condicionado gera dúvidas quando o assunto é alergia, mas ele não faz mal para alérgicos, desde que esteja sempre limpo. É importante saber usar o aparelho para ele não desencadear problemas, então faça a limpeza completa e mantenha a manutenção em dia para não sofrer com a poeira e bactérias.

Alguns produtos de limpeza podem causar alergia. Geralmente, os produtos para higienização doméstica contêm mais de um item em sua fórmula. Por vezes o corpo não identifica algum desses componentes, pode ser o cheiro, textura, acidez. Certas marcas de cosméticos podem desenvolvem alergia em algumas pessoas, para evitar, use produtos destinados para pessoas alérgicas.

Alimentos podem causar alergia. As alergias alimentares mais comuns na infância envolvem ovo, leite, amendoim, frutos do mar e soja. Já entre os adultos, são mais alérgicos a peixe, amendoim, frutos do mar e frutas secas. É importante ficar atento pois a crise alérgica pode levar à morte. Alergias a medicamentos, alimentos e a picada de insetos, como abelha e marimbondo, podem matar.

Dicas
- Uma vez por ano, substitua os travesseiros velhos por novos;
- Tenha um esterilizador de ar;
- Vire o colchão da sua cama, pelo menos, a cada 15 dias;
- Use capas laváveis nos sofás;
- Para limpeza diária da casa, use água, sabão e produtos sem aromas fortes/neutros;
- Abra as janelas e deixe a casa ventilada pelo menos em um turno do dia;
- Troque as roupas de cama todas as semanas.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Isolamento domiciliar
Lacen confirma primeiro caso de coronavírus em Rolândia
02/04/2020 21:15
304 descartados
Londrina está com 34 casos confirmados do novo coronavírus; 65 suspeitos
02/04/2020 19:45
638 em investigação
Paraná confirma mais 29 casos de Covid-19; 258 no total
02/04/2020 16:57
Senhor de 72 anos
Quarta morte por Covid-19 é registrada no Paraná
02/04/2020 15:54
Agende o horário
Londrina recebe 20 mil doses de vacina contra a gripe
02/04/2020 13:58
Veja mais e a capa do canal